MENU

A diferença entre morrer Fiel e morrer Fidel

Um pregava a liberdade e a vida, o outro pregava o encarceramento e a política marxista.

fonte: Guiame, Bruno dos Santos

Atualizado: Domingo, 27 Novembro de 2016 as 8:50

Pastor Russell Shedd (à esquerda) e o ditador Fidel Castro (à direita). (Imagem: Facebook)
Pastor Russell Shedd (à esquerda) e o ditador Fidel Castro (à direita). (Imagem: Facebook)

Partiram no mesmo dia, com centenas de quilômetros e diferenças que o separavam:

Um pregava a liberdade e a vida, o outro pregava o encarceramento e a política marxista.

Um fazia uso da palavra escrita para ensinar e pregar, o outro, da palavra falada em longos e inflamados discursos.

Um fazia uso do amor e do ensino para influenciar servos, o outro fazia uso do poder e da tirania para impor seus conceitos.

Um falava em púlpitos anônimos e pequenos, o outro em palanques televisivos e mundiais.

Um morreu sendo ignorado pela grande mídia, o outro adorado e chorado pelos chefes de estado.

Um morreu no seio de sua família, dando testemunho de Deus em horas difíceis, o outro lutando contra a morte por saber que a dívida era grande do outro lado!

Um deixou um legado de fiéis ao único que merece ser seguido, a saber, o Cristo, o outro deixou um legado de perseguidos e fugitivos de sua política protecionista.

Um era manso, humilde, valente, o outro era belicoso, tirano e político.

Um era amigo do Rei dos reis, o outro amigo de nossos ex-presidentes.

Um está na doce "Presença", o outro a história se encarregará de sua ausência.

Os dois podem ter morrido no mesmo dia, mas quilômetros de diferenças espirituais os separaram no mundo vindouro.

Obrigado ao “um" que morreu FIEL, infelizmente adeus ao outro que só morreu FIDEL!

Uma homenagem ao meu querido Professor Russel Shedd.

 

*As opiniões aqui expressas são de exclusiva responsabilidade do autor do texto e não refletem necessariamente o posicionamento oficial do Portal Guiame.

veja também