MENU

A doutrina de Balaão: Púlpitos estéreis e o abuso espiritual

O Abuso Espiritual consiste na utilização do poder e da influência de um líder para manipular, seduzir, influenciar e submeter pessoas aos seus caprichos mais profanos e escusos.

fonte: Guiame, Bruno dos Santos

Atualizado: Quarta-feira, 26 Outubro de 2016 as 3:03

Abuso espiritual. (Imagem: Rede Super)
Abuso espiritual. (Imagem: Rede Super)

A igreja é uma porta de esperança para o mundo que jaz no Maligno. Ela deve ser a expressão da boa vontade de Deus aos homens. Mas muitas dessas igrejas se perdem em seu propósito de servirem o Senhor, e seus líderes se tornam tiranos e dominadores, alguns manipuladores de corações, almas e mentes. As pessoas vitimadas por estes inescrupulosos líderes sofrem o que a teologia chama de Abuso Espiritual.

O Abuso Espiritual consiste na utilização do poder e da influência de um líder para manipular, seduzir, influenciar e submeter pessoas aos seus caprichos mais profanos e escusos. Esses líderes alcançam seus objetivos pessoais através de pessoas que se submetem a estas práticas.

Em nome da “obra”, estes líderes satisfazem o próprio ego, e deixam marcas e traumas nestas pessoas que levam anos para serem superados. Muitas vezes necessário a intervenção de psicólogos para encontrar a cura, quando não o afastamento da igreja e o esfriamento da fé e do amor para aqueles que sofreram Abuso Espiritual.

A idolatria aos líderes, a dependência emocional em ambientes religiosos, e um púlpito destituído de palavras de ensino sobre graça, perdão e o fruto espiritual, são alguns dos sinais dessas igrejas que adoecem ao invés de salvar. O púlpito neste lugares é um palco, onde pastores estrelas fazem suas "performances espirituais”. Não existe nestas igrejas a genuína exposição bíblica cristocêntrica, mas espetáculos de sincretismo religioso e orgulho profanador. Falta temor a Deus e há uma banalização do Sagrado. Pregações irresponsáveis e uma platéia desatenta da verdade é uma ótima receita para acontecer estes abusos espirituais.

Sob efeito anestésico muitos estão indo a passos largos para o juízo em nome de uma igreja ou denominação que atrai pela manipulação e abusos. É preciso acordar deste terrível sono da complacência espiritual. Que Deus tenha misericórdia desta geração que sofre do engano de Balãao (Judas 1:11)

 

*As opiniões aqui expressas são de exclusiva responsabilidade do autor do texto e não refletem necessariamente o posicionamento oficial do Portal Guiame.

veja também