Pensando em desistir? Continue!

Na viagem da vida nosso alvo final é também a volta para casa do Pai, nosso lar eterno. Cada um vai enfrentar seus próprios perigos, mas todos que não desistem, que seguem caminhando e confiando nos cuidados do Pai, chegarão lá

fonte: Guiame, Edmilson Mendes

Atualizado: Quinta-feira, 24 Setembro de 2015 as 9:53

Trânsito na estrada
Trânsito na estrada

Dia desses fiz uma viagem que da minha casa até o destino, respeitando a velocidade e as leis, leva em média umas quatro horas. Foi uma viagem daquelas que chamamos de perfeita. Boas reuniões, bom lazer, boa comida, boa companhia, boa hospedagem. Porém a volta foi terrível.

No retorno gastamos nove horas. Longas, demoradas e irritantes nove horas encaixotados dentro de um carro. Basicamente trânsito num volume anormal, mais um acidente na pista e um bom trecho de neblina foram os motivos que aumentaram drasticamente o tempo da nossa volta. E haja paciência...

No último terço o céu limpou, o trânsito diminuiu e finalmente conseguimos nos deslocar numa velocidade normal. Foi então que eu e a Re começamos a comparar a vida com uma viagem.

Em alguns trechos tivemos medo. Em outros ficamos apreensivos. Teve momentos que devido as intermináveis horas achávamos que não acabariam mais. Quando literalmente paramos sem ter pra onde ir ou escapar, nos sentimos impotentes e totalmente vulneráveis. Manter a vigília na estrada não foi fácil, qualquer descuido colocaria todos no carro em risco. Deu vontade até de voltar.

Mas com atenção triplicada, oração e confiança em Deus, seguimos viagem com o cansaço aumentando, assim como aumentava a ansiedade de enfim chegar em casa. Nove horas depois parecia irreal, mas finalmente chegamos.

A vida, por acaso, não é exatamente assim? Uma viagem com trechos complicados, perigosos, ameaçadores e super arriscados? E sempre alternando com trechos seguros, calmos e tranquilos? Sim, a vida flui exatamente assim, com surpresas boas e outras nem tão boas a cada curva.

Agora, escrevendo no conforto e segurança de minha casa, posso ver e reconhecer como foi bom não ter desistido de continuar aquela viagem. Mais que isso, posso ver como foi bom ter seguido em frente. Afinal, tínhamos um objetivo: Nosso porto seguro, nossa casa, lugar de bênção e proteção.

Na viagem da vida nosso alvo final é também a volta para casa do Pai, nosso lar eterno. Cada um vai enfrentar seus próprios perigos, mas todos que não desistem, que seguem caminhando e confiando nos cuidados do Pai, chegarão lá, no lugar daqueles que suportaram grandes tribulações sem perder o foco e a fidelidade para com a fé que abraçaram. Não desista, os perigos vão passar.

Paz!

 

- Edmilson Mendes
e-mail: mendeslongo@uol.com.br
blog: calicedevida.com.br
twitter: @Edmilson_Regina

veja também