Quem tem paz com Deus não está livre das tribulações

E mais: "A nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação (II Co 4:17)

Fonte: guiame.com.brAtualizado: quinta-feira, 24 de julho de 2014 15:12
problema
problema

problemaNós, que "temos paz com Deus" (Rm 5:1), "nos gloriamos nas próprias tribulações" (Rm 5:3b). Tribulações? Sim, quem tem "paz com Deus", não está livre das tribulações. Na verdade, "através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus" (At 14:22). Assim, quem tem "paz com Deus" não está livre de perder todos os seus bens. Não está livre de perder um filho num acidente de moto.

Não está livre de ter a sua casa inundada pelas águas do rio Iguaçu. Não está livre de ser diagnosticado com câncer de mama ou de próstata. Não está livre de ser despedido do emprego. Não está livre de ver o seu filho sair do armário para assumir a homossexualidade e o homossexualismo.

Não está livre de ver a sua empresa entrar em concordata. Não está livre de ficar confuso ou deprimido. Não está livre de descobrir que o seu filho amado é usuário de crack. Não está livre de ser abandonado pela esposa, que se apaixonou por outro homem ou por outra mulher. Não está livre de passar pelo vale da sombra e da morte.

Não está livre de ver a sua figueira sem flores. Não está livre de ver a sua parreira sem uvas. Não está livre de ficar sem azeitonas para apanhar. Não está livre de ficar com o aprisco vazio. Não está livre de não ter um grão de trigo sequer para colher.

O fato é que "tudo sucede igualmente a todos: o mesmo sucede ao justo e ao perverso; ao bom, ao puro e ao impuro; ao bom como ao pecador" (Ec. 9:2). Mas nós, que "temos paz com Deus", "sabemos que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós" (Rm 8:18).

E mais: "A nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação (II Co 4:17). Qual a lição disso para sua vida? Pense!


- Pr. Genilson Soares da Silva

 

 

Siga-nos

Mais do Guiame