MENU

Nem sempre Deus nos poupa dos problemas

Nem sempre Deus nos poupa dos problemas

Atualizado: Segunda-feira, 17 Fevereiro de 2014 as 11

problemasQuando passares pelas águas eu serei contigo... (Is.43:2). 
 
A vida é como uma viagem. Nem sempre é calma e tranquila. Nessa jornada singramos águas revoltas, escalamos montanhas escarpadas, descemos vales profundos, cruzamos desertos inóspitos. Deus nunca nos prometeu ausência de problemas.
 
A vida não é indolor. Não poucas vezes, nosso corpo é surrado pela dor. As lágrimas quentes, com frequência, desabotoam dos nossos olhos como torrentes caudalosas. A doença sorrateira ou agressiva mina nosso vigor. Nessas horas, nossos joelhos ficam bambos; nossos braços descaídos; e nossos olhos, embaçados.
 
Muitos, movidos por uma teologia errada, se revoltam contra Deus. Não conseguem conjugar o sofrimento com o amor divino. Cobram de Deus uma intervenção e amarguram-se contra Ele quando a resposta não vem. 
 
Precisamos entender que Deus nunca nos prometeu ausência de aflição. Neste mundo teremos aflição, pois nos importa entrar no reino de Deus através de muitas tribulações. Aqui há choro e dor, lágrimas e sofrimento.
 
Aqui não é o céu. Mas aqui temos a presença consoladora de Deus. Aqui temos a promessa de que Deus nunca nos provará atem das nossas forças. Aqui temos a convicção de que nossa tristeza se converterá em alegria, e nosso sofrimento, em recompensa gloriosa.
 
Na perspectiva da eternidade, nossas tribulações aqui são leves e momentâneas. Não estamos a caminho de uma noite escura, mas de um amanhecer glorioso.
 
 
- Hernandes Dias Lopes
 

veja também