MENU

O trabalho não é fruto do pecado!

Não há nada mais penoso do que o ócio. Não há nada mais fútil do que o lazer vazio e sem propósito

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 2 Maio de 2014 as 8:50

trabalho

Há muitas pessoas que, em tom de zombaria, perguntam: "Quem inventou o trabalho?". Fazem essa pergunta, insinuando que o trabalho é resultado do pecado.

Nada mais falso! O trabalho foi instituído por Deus antes da queda e o trabalho continuará depois da glorificação. O que o pecado trouxe foi o agravamento das condições de trabalho.

Agora, aquilo que era para ser deleitoso é feito, muitas vezes, em circunstâncias adversas. A terra passou a produzir espinhos, cardos e abrolhos. Agora, o homem come penosamente seu pão com o suor do seu rosto. Porém, o trabalho é bom, é santo, é deleitoso.

Não há nada mais penoso do que o ócio. Não há nada mais fútil do que o lazer vazio e sem propósito. Devemos agradecer a Deus pelo trabalho e fazer tudo o que fazemos para sua glória. Feliz dia do trabalho!


- Hernandes Dias Lopes

 

veja também