Ano eleitoral

Ano eleitoral

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:18

Com a previsibilidade de uma coreografia de festa junina, vamos ver os antigos passinhos e ouvir os mesmos e desgastados refrões... As mesmas e viciadas práticas. Nada novo. Velhos expedientes sim, mas de comprovada eficácia. Alianças sendo seladas entre líderes políticos e religiosos, num jogo de interesses que sempre beneficiam mutuamente as partes. É como diz o vulgo, "um toma lá, dá cá " sem fim. A dinâmica desse jogo, entretanto, não é nada vistosa. Os líderes políticos usam os líderes religiosos e estes usam o povo.

A cerca do povo e da manipulação que esse sofre, é impossível não lembrar Bertold Brecht e seu Analfabeto Político.

"O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio dos exploradores do povo."

P olíticos usam pastores? Talvez não seja bem assim. Fazem uma espécie de escambo. O político precisa de gente que vote nele, e gente o pastor "tem"... O "pastor" precisa de dinheiro para tocar seus projetos, e isto não é problema para o político... Valha nos Deus!!  Por que será que o famoso congresso Gideões que acontece em Camboriú, SC, abriu sua tribuna para que José Serra ali falasse? É José Serra profeta? Bom seria que fosse. O que estava fazendo ali? Foi buscar "azeite"? encher-se do Espírito? Improvável.

C omo a direção do evento tem coragem de sustentar que não foi o subsídio de milhares de dólares recebidos do PSDB a razão de se convidar José Serra para discursar no famoso "encontro de vasos"? Como a assessoria de Serra tem a falta de vergonha de dizer que não sabia se houve repasse de verba do PSDB para o evento?

O evento é muito caro, alguém poderia argumentar, e que mal faz uma parceria dessa natureza? Bom, novamente eu diria que, ter o governador de Estado (Pavan - PSDB), a prefeita da capital (Luzia Coppi - PSDB) e o candidato à presidência, desse mesmo partido, tão solícitos em ajudar a causa do Evangelho, só pode explicado por um fenômeno: os três se converteram e estão apaixonados por Jesus!

S omente o analfabeto, para não dizer o idiota político, poderia engolir esse insulto.

***Esse é um fato apenas envolvendo lideranças políticas e eclesiásticas; todo conchavo envolvendo igreja e política nesse nível de comprometimento deve ser fortemente repudiado.

Luiz C. Leite   é pastor, psicanalista, administrador de empresas, conferencista e escritor. Autor de "O poder do foco", editora Memorial; e "A inteligência do Evangelho", editora Naós; além de vários títulos por publicar.

- Clique no link para ver o vídeo do livro   "O PODER DO FOCO"

- Clique no link para ver vídeo do livro "A INTELIGÊNCIA DO EVANGELHO"

Confira o blog do escritor:   http://luizvcc.wordpress.com/

Siga-nos

Mais do Guiame