MENU

Fé no Reino de Cristo e não na política

Decidi comparar dois e-mails, um de um missionário que fica na região de Havana (CUBA) e outro que fica em São Francisco (USA), os dois trabalham em lugares carentes. Percebi três semelhanças nos seus relatos.

fonte: Guiame, Marcos Botelho

Atualizado: Quarta-feira, 22 Junho de 2016 as 5:13

Miséria. (Foto: Agron)
Miséria. (Foto: Agron)

Com a politização nas redes sociais, vejo os meus amigos crentes se digladiando sobre cristianismo e visão política. Ouço coisas como “um cristão não pode ter essa ou aquela visão política”. Acredito que a discussão sobre política é saudável entre nós cristãos e temos que promove-la entre os nossos jovens, mas acredito também que para os que estão já vivendo a realidade do Reino de Cristo não podemos colocar nossa confiança na política, ela é menor que a nossa fé e nossa prática da sinalização do Reino.

Sempre recebo e-mails de missionários espalhados pelo mundo, isso é bem comum em missões, eles mandam notícias do lugar onde estão, falam das dificuldades e compartilham motivos de louvor.

Decidi comparar dois e-mails, um de um missionário que fica na região de Havana (CUBA) e outro que fica em São Francisco (USA), os dois trabalham em lugares carentes. Percebi três semelhanças nos seus relatos:

1- Relatam que os dois governos (o de direita e o da esquerda) fazem de tudo para maquiar a miséria do seu país, não são honestos em sua auto analise. Conseguem enxergar qualquer miséria no governo do outro, mas desprezam o miserável de suas cidades. Com isso eles perceberam que não podem contar com a política se querem resgatar o ser humano da miséria do pecado e da condição social, contam apenas com Deus e com alguns da comunidade da fé.

2- Quando alguém chega para ajuda-los, ou fisicamente ou com sustento financeiro, eles celebram muito, independente da visão politica. Pois relatam que cada vez se sentem mais sozinhos, que o tema missões está “fora da moda” nas igrejas, e que quando alguém decide se engajar, percebem que o mesmo Espírito que os levaram para esses lugares miseráveis estão nos que os apoiam nas igrejas locais aqui do Brasil.

3- Não ficam discutindo sobre política, nem colocam sua esperança nela. Pois quando estão com a mão na massa percebem que isso é mais para “amortizar” o peso na consciência da sociedade que tem seus miseráveis do que pra fazer realmente algo por eles. Eles sabem que a política tem seu valor para sociedade, mas sabem que nada vale se primeiramente não mudar o coração dos políticos e da sociedade dos seus países

Lendo os relatos do missionários espalhados pelo mundo, e vendo seus trabalhos com a miséria do mundo. Vejo que esse grande debate político entre os cristão no Brasil revelam um desvio de fé, e até uma idolatria aos sistemas políticos os colocando como messiânicos. Precisamos voltar a missão que Jesus nos deixou, assim vamos brigar menos nas redes sociais e fazer mais na vida real.

Pois o Reino vem para os que esperam e não esperam, e cabe a nós ficarmos preparados sinalizando o reino aos necessitados como Jesus mostrou ao iniciar seu ministério: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor” Lucas 4:18,19

COMPARTILHE essa mensagem com teus amigos.


*Texto publicado originalmente em ultimato.com.br/sites/marcosbotelho

*As opiniões aqui expressas são de exclusiva responsabilidade do autor do texto e não refletem necessariamente o posicionamento oficial do Portal Guiame.

veja também