Minha vida é uma parábola

Minha vida é uma parábola

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:04
Minha vida é uma parábolaSou o filho que foge de casa
Sou a moeda não encontrada
Sou solo pedregoso
Sou um pouco de trigo e de joio
 
Quando contou a minha história
O menor grão virou árvore frondosa
Os talentos se multiplicaram
As damas de companhia acordaram
 
Bato no peito, pois reconheço que não presto
Passei ao largo de quem precisava de afeto
Minha triste história foi marcada por uma rinha
Pois matei o filho do senhor da vinha
 
Quero vender tudo por esta pérola
Quero jogar arroz quando o noivo aparecer
Quero bater na porta até a cidade toda acordar
Quero aprender a sentar no último lugar
 
Sou ovelha desgarrada do rebanho
Sou filho que não quer perdoar
Sou convidado que não aparece na festa
Sou o que cobro centavos ao invés de perdoar
 
Mas ele encarou o deserto para me buscar
Deu grande festa quando me encontrou
Preparou o solo para minha vida transformar
Me chamou de filho quando só queria lhe usar
 
Antes de tudo o Senhor já sabia minha história
Narrou os detalhes em sabedoria e milagres
Transformou minha miséria com graça e amor
A parábola da minha vida glorificou o meu Senhor
 
Marcos Botelho - www.marcosbotelho.com.br
Siga-nos

Mais do Guiame