MENU

Lidando com a angústia

A noite se torna uma inimiga, quando o sono não vem e você pensa sem parar no porquê sofre tanto.

fonte: Guiame, Silmar Coelho

Atualizado: Quinta-feira, 2 Março de 2017 as 4:56

Choro. (Foto: lamenteesmaravillosa)
Choro. (Foto: lamenteesmaravillosa)

A angústia lhe faz querer deitar, dormir e nunca mais acordar. A dor é tão aguda que deseja não ter nascido, não ter existido, desaparecer. Não quer pensar no sofrimento, mas pensa; gostaria de não sentir-se vazio, porém, o buraco na alma só aumenta. Como um computador que não desliga ou uma roda que não para de girar, os pensamentos ruins lhe controlam e fazem amargo.

A noite se torna uma inimiga, quando o sono não vem e você pensa sem parar no porquê sofre tanto. Por alguns minutos dorme sono intranquilo, para acordar no meio da noite chorando, apavorado por pesadelos que teimam em lhe assustar, como presságios de um amanhã ainda pior.

Nas vezes que me senti assim, ao ir para cama, li um Salmo. Meu coração se aquietou, dormi em paz e acordei restaurado e confiante.

"O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei? Quando malfeitores me sobrevêm para me destruir, meus opressores e inimigos, eles é que tropeçam e caem. Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança.

Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo.

Pois, no dia da adversidade, ele me ocultará debaixo do seu amor; no profundo do seu coração, me acolherá; elevar-me-á sobre uma rocha e me protegerá" (Salmos 27:1-5).

 

*O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

veja também