MENU

Dia Nacional da Luta Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Quero registrar a minha solidariedade às vítimas, bem como suas famílias, ressaltando que, ainda que como “um grão de areia no oceano”, estou disposta a somar nesta luta!

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 19 Maio de 2014 as 8:46

Dia Nacional da Luta Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e AdolescentesNestes dias, em que o Brasil se une contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, quero registrar a minha solidariedade às vítimas, bem como suas famílias, ressaltando que, ainda que como “um grão de areia no oceano”, estou disposta a somar nesta luta!

Refletindo sobre o tema, vejo que “abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes” é muito abrangente! Há várias formas vitimizar as nossas crianças! Vejo variedade no “modus operandi”! Por exemplo: A criança/adolescente que se prostitui para levar comida para casa; a criança/adolescente prostituída por falta de política pública que lhe atenda; a criança/adolescente que é vítima de seu próprio pai, mãe, padrasto, vizinho, amigo da família, padre, pastor, juiz, ...

Entendo que o abuso sexual à criança e adolescente conhecido como “pedofilia” é um tipo dentre muitos que contextualizam este tema, no entanto, a meu ver, o mais dolorido, o mais sofrido – porque mata aos poucos! Mata a infância, a escola, a família, os sonhos, o futuro!; O convívio é diário, cometidos por pessoas acima de qualquer suspeita, a ponto de colocar em dúvida a denúncia da vítima (isto quando esta consegue fazê-la). Envolve relacionamento entre pais, irmãos, filhos, que acabam sofrendo pressões para que não ocorra uma tragédia na família!

Quantas esposas escondem o que sabem dos seus maridos com seus filhos por serem ameaçadas, com violência que se dá por agressões físicas e morais! Crianças que chegam aos 18, 20 anos e até mais sem ter coragem de falar sobre os abusos sofridos – têm vergonha, tristeza, mágoa... não querem reviver a prisão que lhe colocaram na sua infância/adolescência!

O pior está para aquelas crianças que são vítimas de materiais pornográficos, que valem muito dinheiro e têm o objetivo de satisfazer os desejos sexuais de monstros que não amam nem a si próprios, imaginem o que fazem com estas crianças!

Acompanhado os trabalhos da CPI da Pedofilia no Senado, presidida pelo senador Magno Malta, vimos várias imagens de monstros que não medem esforços para abusar de crianças, bebês,... são tão frios, que não cedem aos apelos de pequenas criaturas que, muitas vezes, nem entendem muito bem o que está acontecendo!

Estas crianças vêem sua história sendo desfeita; perdem a razão de viver dignamente e, não poucas vezes, acabam se acostumando com esta vida ¬¬- são viciadas nesta prática horrível, com pessoas nojentas, que acabam sendo o seu referencial de relação sexual! Será que esta criança conseguirá se relacionar com seus maridos/esposas, depois de tanta agressão sexual? A resposta é não, salvo se fizer importante acompanhamento psicológico e espiritual que lhes permita se desvincular deste passado e retomar a vida!

Por certo não sou a pessoa mais experiente sobre o tema e nem tenho a pretensão de esgotá-lo, mas posto este artigo, no “Dia de combate ao abuso e exploração sexual infantil” como um desabafo de uma cidadã, esposa, mãe que não se conforma com este tipo de abuso e exploração sexual da criança e adolescente.

Se posso lhe fazer um apelo, peço que fiquem atentos às suas crianças; não as deixem só, sem atenção, sem orientação, desconfie sempre – de tudo e de todos, infelizmente é assim que se consegue diminuir o índice deste tipo penal! O abuso e exploração sexual infantil, principalmente, na modalidade pedofilia, não é um problema que as autoridades vão resolver sozinhas! É preciso que o povo se una para que se consiga, no mínimo, conscientizar sobre esta prática, da qual nenhum de nós estamos livres! É por isto que participamos da campanha “Todos contra a Pedofilia”; “A pedofilia não é um problema meu, é nosso”, entre outras – para fazer o povo do Brasil pensar, refletir e se cuidar/proteger desses monstros!

Este ano, Sao Paulo recebeu a Lei 15.965/14, de autoria do Vereador Eduardo Tuma, que inclui no calendário da cidade a “Semana de Enfrentamento ao Abuso e a Exploraçao Sexual Infanto Juvenil, que objetiva conscientizar e mobilizar os cidadãos paulistanos para este mal que nao escolhe crença, cor, sexo, classe social,... Acontecerao varias intervenções! Sao Paulo esta fazendo a sua parte, em parceria com a ONG Makanudos de Javeh! Confira: www.estaacontecendoagora.com.br 

Queremos conscientizar o cidadão e, também, mostrar à esses monstros que estamos atentos, que esta prática já não é tão desconhecida como no passado recente, fazendo que eles recuem, dificultando sua atuação.

Assim, Façamos a nossa parte, as nossas autoridades estão fazendo a delas e juntos conseguiremos proteger os nossos filhos, as crianças e adolescentes do nosso País!

“TODOS CONTRA O ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTIL”

“TODOS CONTRA A PEDOFILIA”

Por Teresinha de Almeida Ramos Neves - Jurista, pos graduada em Direito Constitucional e Administrativo, especialista em Politicas Publicas e Gestao Governamental, Consultora Politica, Palestrante, mae, cidadã.

veja também