A santificação da paternidade

A santificação da paternidade

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:13

Como podemos pregar sobre o casamento se 59% dos evangélicos são favoráveis ao divórcio? Como podemos pregar sobre a sexualidade conforme os padrões de Deus se quase 25% dos evangélicos são favoráveis à legalização da união entre pessoas do mesmo sexo? Como podemos pregar sobre a criação de filhos se 26% dos evangélicos são favoráveis a que casais de homossexuais adotem crianças*? Devemos lutar pela santificação da igreja, para que pregando aos outros não venhamos nós mesmos a ser reprovados (1Co 9:27)!

Nós cremos que a criança persevera, durante a sua vida, no caminho em que é ensinada quando pequena (Pv 22:6). A Bíblia nos ensina isso, cremos assim. Também sabemos que nosso exemplo pessoal, ao ser imitado pelas crianças, é a ferramenta mais poderosa na educação. Como então cerca de 26% dos evangélicos*, um em cada quatro, pode ser favorável a que pares de homossexuais adotem crianças e as ensinem, através do mal exemplo de seu vício sexual, a se inflamarem em sensualidade com pessoas do mesmo sexo? Isso seria condenar essas crianças a viver longe do padrão de Deus para a família!

Para que possamos transformar vidas através da pregação do Evangelho, precisamos primeiro que a Igreja viva em santidade. Isso inclui não se conformar com o mundo, não se contaminar com seu pensamento. Se você quer ver uma igreja santificada, que rejeita o pecado e busca a santidade na paternidade, venha para o Encontro Nacional. Ligue para 0800 121 911 ou acesse o site www.evangelizabrasil.com . O encontro nacional da AMME é um grande passo no esforço nacional pela santificação da Igreja.

* A adoção de crianças por casais homossexuais enfrenta rejeição similar (à do reconhecimento da união de pessoas do mesmo sexo): 52% dos brasileiros se posicionam contrariamente à possibilidade de adoção, ante 43% que são a favor. Ainda assim, entre os evangélicos, 26% tanto dos pentecostais como dos não pentecostais são favoráveis a que casais homossexuais adotem crianças.

Pesquisa realizada pelo Datafolha. Foram ouvidos 5700 brasileiros, a partir de 16 anos, em 236 municípios, nos dias 19 e 20 de março de 2007, e a margem de erro máxima, para o total da amostra, é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Publicado no site datafolha.folha.uol.com.br em 05/05/2007

José Bernardo , 46, casado com Vasti e pai de João Marcos e Isabella, é pastor, escritor e conferencista. Depois de uma significativa carreira em marketing, e bem sucedido pastorado, fundou, no ano 2.000, a missão AMME Evangelizar, com o propósito de ajudar as igrejas evangélicas brasileiras a cumprir a Grande Comissão. Sob sua liderança a AMME já ajudou mais de 30.000 igrejas a apresentar o Evangelho a mais de 90.000.000 de pessoas e agora avança para os outros países de língua portuguesa.  

Site:   www.evangelizabrasil.com .

Siga-nos

Mais do Guiame