Aprenda a demonstrar amor e aumentar a confiança do cônjuge

Será que, depois de alguns anos de convivência, não nos esquecemos de demonstrar amor ao outro? E será que este outro, como consequência, não esquece que é amado?

fonte: familia.com.br

Atualizado: Terça-feira, 1 Abril de 2014 as 12:56

CasamentoFazer o outro feliz é uma responsabilidade e tanto. Quando amamos alguém, queremos evitar que essa pessoa sofra qualquer revés e, às vezes, não percebemos que quem está fazendo o outro infeliz somos nós mesmos.

De nada adianta termos a casa em ordem, os filhos bem educados e alimentados, dinheiro para mantermos um bom padrão de vida e o sorriso estampado no rosto se nossas atitudes para com nosso cônjuge não condizem com essa “realidade”. Um casamento de aparências é totalmente demodê, para dizer o mínimo.

União, cumplicidade, felicidade e paz de espírito são nossos desejos quando decidimos trilhar o caminho da vida juntos. Mas será que, depois de alguns anos de convivência, não nos esquecemos de demonstrar amor ao outro? E será que este outro, como consequência, não esquece que é amado?

Há meios de não deixar o casamento esfriar a ponto de gerar uma separação. Veja quais são, coloque-os em prática e viva o melhor que vocês dois têm a oferecer:

Diga “Eu te Amo” ao outro todos os dias.

Dê um beijo carinhoso em seu cônjuge quando o encontrar.

Fale que sentiu saudades, mesmo que tenham ficado separados por pouco tempo.

Divida seu dia com outro, contando problemas, objetivos alcançados, dúvidas e histórias engraçadas que vivenciou.

Faça um jantar romântico para o outro de vez em quando.

Pergunte o que o outro gostaria de fazer para se divertir com a família, antes de dizer o que tem em mente.

Cuide das crianças por algum tempo para que o outro possa descansar.

Convide seu cônjuge para sair.

Namore.

Compartilhe seus sentimentos.

Telefone para ele ou ela durante o dia só para dizer que sente sua falta.

Presenteie sempre que possível.

Cuide de você para que seu cônjuge o elogie sempre.

Ofereça-se para dividir as tarefas domésticas sempre que possível.

Ceda nas suas decisões para que o outro aprenda a ceder também.

Seja seguro de si e do relacionamento de vocês, sempre.

Ame-se para amar o outro.

Busque a felicidade junto com seu cônjuge e não somente para ele ou para você.

Comece hoje a colocar essas dicas em prática e experimente a felicidade como nunca sentiu!


- Fernanda Trida

veja também