Pequenas atitudes que mudaram meu casamento

São realmente as pequenas coisas que importam e nos lembram que nosso casamento será um pouco mais saudável e podemos ser um pouco mais felizes

fonte: familia.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 2 Abril de 2014 as 2:11

CasalMeu marido e eu sempre tivemos uma relação muito saudável. É claro que temos nossas diferenças e nossas boas disputas - Por exemplo, eu gosto de enxaguar os pratos antes de colocá-los na máquina de lavar louça, e ele gosta de apenas colocá-los na máquina de lavar e dizer: "Ela é chamada de lavadora de louça por alguma razão." Prefiro dormir abraçada a noite toda, já ele gosta de seu espaço depois de algum tempo. Às vezes sou preguiçosa e só quero sair para uma volta e ele gosta de trabalhar e ter tudo feito (Ele é muito trabalhador!). Todo casamento vem com suas provações, tempos difíceis e solavancos... Mas são nossas escolhas diárias que afetam a forma como nos aproximamos e reagimos um ao outro.

Muitas vezes me pego considerando meu relacionamento com o meu marido como fato consumado. Até que ouço uma história terrível no noticiário ou converso com uma amiga que é infeliz em seu casamento, aí percebo o quão abençoada eu realmente sou e como eu preciso ser mais grata por ter um parceiro divertido na vida!

Certa vez ouvi uma citação de Robert Brault que diz: "Aproveite as pequenas coisas da vida, pois um dia você vai olhar para trás e perceber que eram as grandes coisas." Eu acho que na maior parte do tempo dentro do casamento, entramos em uma zona de conforto e deixamos que as coisas afrouxem ou mudem. Mas depois de trazer um bebê ao mundo e à nossa família, eu aprendi a importância das pequenas coisas e como é crucial não deixar que enfraqueçam ou mudem.

Trago comigo cinco pequenas coisas que mudaram o meu casamento. São realmente coisas pequenas e simples, mas, provavelmente, os pontos mais profundos e significativos e algumas coisas a fazer para ter um casamento bem-sucedido.

1. Beijem-se quando se encontrarem: lembra quando vocês estavam namorando e não podiam esperar para verem um ao outro? Os dias pareciam semanas até que vocês se encontravam. O dia finalmente chegava para vocês ficarem juntos e vocês caíam nos braços um do outro e davam um grande beijo. Você se lembra disso? Era assim?

Eu cresci em um lar onde meu pai beijava minha mãe todos os dias, sem falhar, não importa onde estávamos. As crianças podiam estar subindo e descendo as escadas, podíamos ter visitas sentadas no sofá, que antes de tirar a gravata ou dizer "Olá" para os visitantes - ele ia direto para minha mãe e lhe dava um beijo. Agora que sou adulta e casada, eu aprendi a importância desses "beijos de boas-vindas ao lar." Eles realmente definem o humor para a noite. É sempre bom ser recebido em casa e sentir-se como se estivesse perdido e reencontrasse o lar.

2. Andem de mãos dadas em público: há algo sobre o toque das mãos. Ele diz: eu me preocupo com você. Eu preciso de você. Eu te adoro. Eu te amo. Eu apoio você. Você é meu. Eu quero você. Algo que gosto é quando Tyson agarra a minha mão enquanto andamos na rua ou no shopping. Pode parecer bobagem e simples - mas é isso que esta lista traz! É um gesto simples que produz muitos efeitos. Mantenham as mãos unidas firmemente.

3. Façam refeições juntos: a vida é tão cheia de afazeres! Um precisa estar aqui, enquanto o outro precisa estar lá, e esta tarefa precisa ser feita, mas primeiro eu preciso fazer aquela outra. Quero dizer, a vida fica muito louca às vezes. E quanto mais a sua família cresce, mais atividades você tem e que os obriga a viver uma programação ainda mais movimentada. Eu entendo completamente que jantar juntos todas as noites pode não ser possível, mas eu os encorajo a tentarem, tanto quanto possível. Sentem-se à mesa da sala de jantar, desliguem a TV e conversem. Falem sobre o seu dia! Riam juntos, queixem-se juntos e ouçam um ao outro.

4. Orem juntos: todas as noites, antes de irmos para a cama, tentamos orar juntos. Às vezes a gente adormece no sofá (opa! Eu não deveria admitir isso!), mas pelo menos tentamos ir para o quarto juntos todas as noites. Antes de nos arrastarmos exaustos para a cama, ficamos de joelhos e agradecemos ao nosso Pai Celestial pelo grande dia com que fomos abençoados. Quando vocês oram juntos como casal, vocês criam uma conexão diferente de qualquer outra. Não só você está deixando Deus entrar em seu casamento, mas você começa a ouvir o que a outra pessoa realmente está pensando. Adoro ouvir Tyson orando por mim. E eu amo orar por ele. Alguns dos momentos mais sagrados do nosso casamento têm sido do lado da nossa cama, ajoelhados em oração.

5. Vão para a cama juntos: Como eu disse, nós somos culpados de cair no sono no sofá assistindo TV, mas aconselho aos casais irem para a cama juntos. Ao mesmo tempo. Um de vocês pode ficar acordado para ler um livro, assistir a um show ou dar uma olhada em planos de viagem - mas eu sugiro ir inicialmente para a cama juntos. Eu amo o tempo que temos apenas nós dois a cada noite quando o bebê está dormindo e podemos deitar em nossa cama e apenas conversar. Às vezes ficamos conversando e uma hora passa sem nos darmos conta! Esse tempo juntos é especial e cria uma verdadeira união entre marido e mulher.

Essas cinco coisas simples podem parecer pequenas e fáceis, mas eu sei que "através de coisas pequenas e simples, é que as grandes se manifestam". São realmente as pequenas coisas que importam e nos lembram que nosso casamento será um pouco mais saudável e podemos ser um pouco mais felizes.


- Danielle Davis
Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original The little things that changed my marriage

veja também