Escritor explica porque cristãos devem apoiar Israel: “Temos que priorizar o que Deus priorizou”

"Se queremos conhecer, servir e amar a Jesus, temos que entender Israel", explica o escritor Michael Onifer, que trabalha para aproximar judeus e cristãos.

fonte: Guiame, com informações de WND

Atualizado: Quinta-feira, 14 Julho de 2016 as 4:47

Se queremos conhecer, servir e amar a Jesus, temos que entender Israel. (Foto: Moshe Shai/ FLASH90)
Se queremos conhecer, servir e amar a Jesus, temos que entender Israel. (Foto: Moshe Shai/ FLASH90)

"Se queremos conhecer, servir e amar a Jesus, temos que entender Israel". Com essas palavras, o escritor Michael Onifer define a importância de cristãos apoiarem as causas da nação judaica.

Onifer dirige o projeto Belém, que trabalha para aproximar judeus e cristãos em Israel e na Cisjordânia. Suas afirmações sobre Israel se deram em resposta a um convidado do programa TBN Israel, no qual o escritor participava de uma entrevista.

Na ocasião, ele tomou uma Bíblia nas mãos e folheou suas páginas até o último livro do Antigo Testamento, mostrando que este é mais longo do que o Novo Testamento. Para Onifer, os cristãos cometeriam um erro se descartassem dois terços da Bíblia ao tentar aprender sobre Jesus Cristo.

"Se nós queremos compreender a Jesus e só olharmos para um terço da Bíblia, adivinhem? Nós estaremos apenas olhando para um terço de Jesus", afirma Onifer.

O escritor lembra que o Evangelho de Mateus começa relatando uma genealogia que coloca Jesus no contexto de seus antepassados ​​judeus. Além disso, os discípulos compreenderam os seus ensinamentos de Jesus porque todos eles foram citados a Torá.

Quando Jesus ensinou seus discípulos a orar, os orientou a pedir que a vontade de Deus fosse feita na terra como no céu. "Ele não estava falando sobre a Terra no sentido metafórico. Ele estava falando sobre este lugar [Israel]. Se somos colaboradores de Jesus e estamos nos juntando a Ele no processo de redenção, precisamos entender que temos uma obrigação com o mundo físico. Não vamos ficar apenas sentados, esperando que uma pilha de roupas se dobrem sozinhas no chão. Não. Deus quer fazer parceria com você na redenção".

Onifer acredita que os cristãos devem dar prioridade à terra e ao povo escolhido por Deus. "Se nós não priorizarmos a cidade que Deus priorizou, como podemos esperar que Deus priorize o que trazemos diante Dele?", questionou.

O escritor enfatizou a importância de compreender Jesus da mesma forma que seus discípulos o entendia — através do Velho Testamento. "Se eu olhar para os 2 mil anos de história da igreja, contra 2 mil anos de Sinai até os tempos do Evangelho, eu posso perder Jesus. Eu posso perder o que Deus está fazendo no mundo se eu estiver apenas olhando para Ele através do meu contexto religioso, através do meu contexto cultural cristão e não através das lentes das Escrituras".

De acordo com Onifer, um equívoco comum entre os cristãos é o de serem pró-Israel e anti-árabes. "Precisamos entender que há um propósito redentor dentro do mundo árabe e, especificamente, dentro do povo palestino. Os palestinos serão libertados para o seu propósito redentor, que é seguir o Senhor e aceitar sua identidade bíblica em Cristo", explicou Onifer. "Eu acredito que o destino profético e o propósito redentor do mundo árabe está por vir, e irá se alinhar com propósitos redentores de Deus para as nações".

veja também