Indícios do Terceiro Templo serão apontados este ano em Israel, revela código bíblico

De acordo com o teólogo Jimmy De Young, a Bíblia aponta que dentro do cenário previsto para o fim dos tempos está a construção de um templo judaico, que estará erguido quando o Anticristo governar o mundo.

fonte: Guiame, com informações de Breaking Israel News

Atualizado: Segunda-feira, 18 Julho de 2016 as 12:23

Mesquita de al-Aqsa, chamada por judeus de 'Monte do Templo', é um local de grandes conflitos, em Jerusalém. (Foto: Reprodução)
Mesquita de al-Aqsa, chamada por judeus de 'Monte do Templo', é um local de grandes conflitos, em Jerusalém. (Foto: Reprodução)

Em um de seus estudos, o rabino Matityahu Glazerson, um dos principais especialistas do mundo sobre os Códigos da Bíblia, sugeriu acontecimentos que irão desencadear o Terceiro Templo estão marcados para este ano.

Em um vídeo, Glazerson aponta para um código bíblico que pode ser traduzido como "Deus irá informar, no dia 15 de Av [mês hebraico]". Este ano, o dia 15 de Av corresponde ao dia 19 de agosto.

"Não sabemos exatamente ao que ele se refere, mas a implicação clara é que Deus irá nos notificar sobre algo importante no dia 15 de Av, que tem a ver com o templo”, afirmou o rabino.

Qual o significado do dia 15 de Av no calendário hebraico? Para explicar, Glazerson relembra uma citação do rabino do século 19, Sadoc ha-Kohen, que diz: " dia 15 de Av é o momento para a construção do Beit HaMikdash (Templo Sagrado), uma vez que, nessa data, o pecado dos espiões foi apagado".

O rabino Zadok ha-Kohen se refere ao grupo de doze homens enviados por Moisés para espiar a terra de Canaã antes da entrada dos israelitas (Números 13). Dentre os doze enviados para informar sobre a terra, dez voltaram com críticas.

Além disso, Glazerson demonstra um código que aponta que o templo será trazido do céu e outro que aponta uma referência ao ano hebraico atual, que terminará no anoitecer do dia 2 de outubro de 2016.

O rabino esclareceu que os sinais sobre o Terceiro Templo no Monte Moriá (local onde está construído o Monte do Templo, em Jerusalém) estão subordinados ao comportamento piedoso do povo judeu.

Fim dos tempos

De acordo com o teólogo Jimmy De Young, a Bíblia aponta que dentro do cenário previsto para o fim dos tempos está a construção de um templo judaico, que estará erguido quando o Anticristo governar o mundo. “Ele o profanará e o povo judeu será forçado novamente a deixar o Templo, porque se manterá fiel a Deus e se recusará a adorar o Anticristo (Dn 9.27)”, diz o estudioso no site Chamada.

No sermão no monte das Oliveiras (Mt 24-25), Jesus confirmou a profecia de Daniel. Ele chamou a profanação de “o abominável da desolação” e disse que ela ainda não havia acontecido (Mt 24.15).

“Algum dia, o Messias, Jesus, voltará para Jerusalém e construirá Seu Templo nesse pedaço de terra (Zc 1.16; Zc 6.12); e, a partir desse Templo do Milênio, Ele governará o mundo (Zc 6.13)”, afirma De Young.

veja também