Judeus querem construir sinagogas no Monte do Templo para cumprir profecia bíblica

A Bíblia indica que o Terceiro Templo deverá existir quando chegar o tempo da Grande Tribulação. Para acelerar sua construção, judeus pretendem inaugurar sinagogas no local.

fonte: Guiame, com informações de Breaking Israel News

Atualizado: Terça-feira, 27 Dezembro de 2016 as 3:46

O Terceiro Templo deverá existir quando chegar o tempo da Grande Tribulação.(Foto: Reprodução)
O Terceiro Templo deverá existir quando chegar o tempo da Grande Tribulação.(Foto: Reprodução)

Uma organização formada por judeus está se preparando para apresentar uma pesquisa ao governo de Israel para a viabilização de quatro sinagogas, que seriam construídas no Monte do Templo, em Jerusalém.

Legalmente, o governo é obrigado a permitir que os judeus façam orações no Monte do Templo. Na prática, os judeus que vão ao local sofrem oposição pela equipe de segurança da “Waqf”, uma organização islâmica que controla os arredores do que os muçulmanos chamam de “Nobre Santuário".

Atualmente, os cristãos também estão proibidos de orar no Monte do Templo. De acordo com a descrição bíblica, o Terceiro Templo deverá ser construído no local para que se cumpra as profecias.

A Bíblia aponta que o Terceiro Templo existirá durante a Grande Tribulação. Daniel se refere a este templo quando diz que "o príncipe que há de vir" (Anticristo) irá cessar os sacrifícios no local em meio à Tribulação (Daniel 9:27). De acordo com o apóstolo Paulo, o "homem do pecado" se assentará no templo como se ele fosse Deus (2 Tessalonicenses 2:3-4).

Para cooperar com o cenário bíblico, o líder da organização “Yishai”, Yaakov Hayman, acredita que tem a solução. "Uma sinagoga é o primeiro passo para a construção do Terceiro Templo", disse ele ao site Breaking Israel News.

Citando o livro bíblico de Reis, ele observou que o Templo foi criado para ser uma casa de oração. “Ouve as súplicas do teu servo e de Israel, teu povo, quando orarem voltados para este lugar” (1 Reis 8:30).

O plano de Hayman é construir quatro sinagogas inclinadas em direção ao Santo dos Santos, localizado dentro do Monte do Templo. "A parede que está em frente ao Templo será de vidro, para que as pessoas possam ver o Templo enquanto estão orando", explicou.


Hayman quer construir quatro sinagogas inclinadas em direção ao Santo dos Santos. (Foto: Divulgação/Yishai)

Terra sem dono

Nos últimos 12 meses, apenas 14 mil judeus foram autorizados a visitar o Monte do Templo. "Precisamos fazer com que mais judeus subam ao Monte do Templo. No ano passado, mais de 7 milhões de judeus visitaram o Muro das Lamentações, a poucos quilômetros de distância. Quanto mais judeus subirem até lá, as orações judaicas no Monte do Templo irão acontecer naturalmente", avalia Hayman.

O israelense revela que após a realização das pesquisas que determinariam a nova construção no Monte do Templo, foi descoberto que o local não possui registros em nome de nenhuma entidade — representando o contrário do que afirma a ONU. "No entanto, a pesquisa foi rejeitada por ordem do gabinete do primeiro-ministro [Benjamin Netanyahu]. Eles não querem enfrentar isso", disse Hayman.

"Se você não tem soberania no seu lugar mais sagrado, como você pode exigir soberania em qualquer outro lugar?", questiona Hayman. "Construir uma sinagoga no Monte do Templo pode ajudar Israel politicamente. Espero que o governo entenda isso".

veja também