Marcos Almeida participa de livro sobre divergências da igreja cristã brasileira

Além de Almeida, a obra que apresenta soluções para a pluralidade da igreja no Brasil conta com autores como Pedro Lucas Dulci (organizador), Carlos Henrique de Paula, Guilherme de Carvalho, Igor Miguel e outros.

fonte: Guiame, com informações da assessoria

Atualizado: Quarta-feira, 10 Agosto de 2016 as 4:31

A obra tem prefácio do Reverendo Augustus Nicodemus e apresenta linguagem acadêmica e teor teológico. (Foto: Divulgação).
A obra tem prefácio do Reverendo Augustus Nicodemus e apresenta linguagem acadêmica e teor teológico. (Foto: Divulgação).

É possível que os cristãos de vários seguimentos como calvinistas, arminianos, cessacionistas, pentecostais, ortodoxos, simpatizantes da missão integral e adeptos de tantas outras segmentações do cristianismo, possam viver em harmonia? Existe a possibilidade de uma parceria fraternal em relação as diferentes opiniões, tendo por base as doutrinas centrais e essenciais da fé cristã?

Se é possível, como criar essa unidade? Como os crentes em Jesus podem se esforçar para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz? É exatamente com o objetivo de estimular a reflexão sobre alguns dos principais pontos que dividem a Igreja de Cristo e apontar caminhos para o diálogo, que a editora Mundo Cristão lança o livro “Igreja sinfônica: Um chamado radical pela unidade dos cristãos”.

A obra tem como autores diversos nomes importantes da teologia brasileira, como Pedro Lucas Dulci (organizador), Carlos Henrique de Paula, Guilherme de Carvalho, Guilherme Franco, Igor Miguel, Marcos Almeida e Rafael Balestra. Eles fazem parte do “Movimento Mosaico”, uma iniciativa formada por cristãos das mais variadas linhas doutrinárias e voltada para a promoção da unidade da Igreja.

A obra tem prefácio do Reverendo Augustus Nicodemus e apresenta linguagem acadêmica e teor teológico. O compromisso de cada autor com as verdades centrais e inegociáveis para os cristãos é evidente nos sete capítulos que a compõem. Igreja relacional: diminuindo a distância entre as gerações; Igreja profética: as ideologias denunciadas; Igreja plural: as tradições em perspectiva; Igreja evangélica: as heresias tratadas; Igreja católica: as dimensões da missão; Igreja apostólica: as raízes do Corpo; Igreja demonstrativa: renovando as culturas.

O livro “Igreja sinfônica” apresenta uma visão factual, clara e sem rodeios sobre as dificuldades e limitações que os evangélicos enfrentam, abordando a realidade do divisionismo e do espírito sectário que caracteriza muitos setores da cristandade. No entanto, a obra não se limita a apontar os focos de tensão do ser Igreja no Brasil em pleno século XXI, ela apresenta soluções para que todos aqueles que se dizem servos de Jesus Cristo atuem de maneira significativa. O livro tem 128 páginas e está sendo vendido por R$ 24,90.

O livro apresenta uma visão factual, clara e sem rodeios sobre as dificuldades e limitações que os evangélicos enfrentam. (Foto: Divulgação).

Conheça os autores

Carlos Henrique de Paula é pastor, designer, artista visual e plantador de igrejas. É pastor efetivo da Igreja Cristã Farol Esperança, em Goiânia (GO), e estudante de teologia na Faculdade Teológica Sul-Americana. É casado com Hellen e pai de Bento.

Guilherme de Carvalho é pastor, teólogo e escritor. É diretor de L’Abril Brasil, pastor da Igreja Esperança, em Belo Horizonte (MG), e diretor de conteúdo do projeto Cristãos na Ciência. É casado com Alessandra e pai de Ana Elisa e Helena.

Guilherme Franco é graduado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, pastor da Igreja A Ponte, em Recife (PE), e idealizador da Conferência Oxigênio. É casado com Bruna e pai de Lucca.

Igor Miguel é teólogo, pedagogo, mestre em língua hebraica pela FFLCH/USP, coordenador pedagógico da Organização Multidisciplinar de Capacitação e Voluntariado (OMCV), em Belo Horizonte (MG), vice-presidente da Associação Kuyper de Estudos Transdisciplinares (AKET), articulador do movimento #IgrejaNaRua e pastor na Igreja Esperança. É casado com Juliana e pai de João.

Marcos Almeida é cantor e compositor, membro fundador da banda brasileira de rock Palavrantiga e integrante da equipe pastoral da Missão Igreja Evangélica, em Vila Velha (ES). É casado com Débora e pai de Joaquim e Isabel.

Pedro Lucas Dulci é pastor, filósofo, teólogo e escritor. É graduado em teologia pelo Seminário Presbiteriano Brasil Central, doutorando em filosofia pela Universidade Federal de Goiás e pastor auxiliar na Igreja Presbiteriana Bereia, em Goiânia (GO).

Rafael Balestra é presbítero na Igreja Sal da Terra. Graduado em marketing pela Universidade Cambury, atua como coordenador do Movimento Mosaico. É casado com Yana e pai de Victor.

veja também