70 homens destroem igreja cristã por ordem do Governo do Sudão

A justificativa para a ação é que o governo pretende usar o terreno para a construção de habitações para pessoas de baixa renda

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 4 Julho de 2014 as 1:08

SudãoNo dia 1º de julho, terça-feira, autoridades do governo do Sudão destruíram a Igreja Sudanesa de Cristo, no norte de Cartum.

A igreja reunia mais de 600 pessoas e 70 funcionários estatais participaram da demolição do templo.

A justificativa para a ação é que o governo pretende usar o terreno para a construção de habitações para pessoas de baixa renda. Embora a administração da igreja tenha pedido que a demolição fosse adiada até o final da estação chuvosa, as autoridades não deram ouvidos.

"Nós fizemos o nosso melhor para promover um encontro entre os ministros da igreja e autoridades responsáveis pela demolição, mas sem sucesso", relataram cristãos locais.

Por enquanto, os cristãos membros da Igreja Sudanesa de Cristo permancem sem local para cultuar.


com informações da Portas Abertas

 

veja também