Acusados de recrutar grupos ao Estado Islâmico, cinco homens são detidos na Indonésia

Homens ajudam grupos que têm até crianças a se juntar aos jihadistas

fonte: Guiame, com informações da Agência Lusa/Agência Brasil

Atualizado: Segunda-feira, 23 Março de 2015 as 12:04

Grupo jihadista Estado Islâmico
Grupo jihadista Estado Islâmico

Cinco homens foram detidos pela polícia antiterrorismo da Indonésia acusados de tentar ajudar um grupo a entrar na Síria e se juntar ao Estado Islâmico.

O grupo que tentava se juntar ao grupo extremista era formado por 11 crianças, quatro mulheres e um homem. Eles foram detidos na cidade de Gaziantep.

Na Indonésia, país de maioria muçulmana, é cada vez maior o receio de uma crescente influência do Estado Islâmico, As autoridades estimam que centenas já se juntaram aos jihadistas.

Em Jacarta e redondezas, a polícia antiterrorismo identificou, no último final de semana, cinco homens suspeitos de terem ajudado um grupo de 16 pessoas a se juntar ao Estado Islâmico.

Segundo o porta-voz da polícia, esses homens são acusados de "treinar, guiar e recrutar simpatizantes do Estado Islâmico para partir para o Iraque e a Síria, e de angariar e distribuir recursos para as atividades dos voluntários do Estado Islâmico na Indonésia."


.

veja também