ADRA desafia pessoas a fazerem a diferença em um mundo preconceituoso

ADRA desafia pessoas a fazerem a diferença em um mundo preconceituoso e sem amor

Atualizado: Quarta-feira, 19 Fevereiro de 2014 as 10:31

Os recentes casos de preconceito e discriminação divulgados na mídia, chamaram atenção de muita gente.
 
A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) publicou nas redes sociais um pequeno recado sobre essas notícias e sobre como é possível fazer a diferença:
 
Nos últimos dias ocorreram casos de grande divulgação em relação à discriminação e preconceitos. Infelizmente casos em que pessoas sem culpa alguma, sofrem por causa de atitudes de pessoas sem conhecimento e respeito. Digo sem conhecimento, pois são ignorantes em compreender que todos nós somos iguais.
 
Vemos diariamente notícias como estas: “Homem negro sofre racismo em loja”; “Mulheres recebem salários mais baixos que os homens”; “Rapaz homossexual é espancando na rua”; “Jovens de classe alta colocam fogo em mendigo”; “Ônibus não param para idosos”. “Escola em mau estado é interditada e alunos ficam sem aula”; Essas notícias se tornaram tão comuns que para muitos, se tornaram normais.
 
Para que casos como estes não se tornem regra, você pode fazer a diferença: Respeite ao próximo! Ao invés de julgar, ame, presenteie as pessoas com sorrisos e gestos de gentileza!
 
ADRA - preconceito
 

veja também