Advogado de pastores condenados diz que teve acesso negado a seus clientes

Embora tenha pedido diversas vezes, o encontro entre eles foi negado

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 5 Dezembro de 2014 as 9:21

cadeiaVahid Moshkani Farahani, representante legal dos pastores Behnam Irani e Matthias Haghnejad e do diácono Silas Rabbani, foi impedido de encontrar seus clientes dias antes da audiência.

Em outubro, os três cristãos receberam a sentença de seis anos de prisão. O apelo, também conhecido como julgamento de segunda instância, aconteceu no final de novembro, no Tribunal Revolucionário de Karaj. O resultado ainda não foi divulgado.

O problema é que o advogado informou que teve o acesso negado aos clientes e só pode vê-los no dia do julgamento, pois os vários pedidos de encontrá-los foram negados. Ele também expressou preocupação com o bem-estar do pastor Irani, que está doente e tem sido privado de assistência médica adequada.

Os três cristãos foram obrigados a cumprir a pena de seis anos em locais remotos; o pastor Haghnejad e o diácono Rabbani foram levados para Minab, no Golfo Pérsico, e Irani condenado a cumprir a sua pena no sul da cidade de Zabol.


com informações da Portas Abertas

 

veja também