Após remover cruzes de templos cristãos, governo chinês anuncia demolição de igreja milionária

A igreja "Three Self Patriotic Movement" ("Movimento Patriótico das Três Autonomias") será destruída, apesar do fato de que o governo chinês teria sancionado anteriormente sua fundação.

fonte: Guiame, com informações do Christian Head Lines

Atualizado: Quarta-feira, 10 Junho de 2015 as 3:31

Uma igreja de milhões de dólares na província chinesa de Zhejiang será demolida por ordem do governo.

Segundo relatos do site internacional 'Christian Today', a igreja "Three Self Patriotic Movement" ("Movimento Patriótico das Três Autonomias") será destruída, apesar do fato de que o governo chinês teria sancionado anteriormente sua fundação.
 
A igreja, localizada na cidade de Wangling, poderá ser construída em outros lugares, mas apesar de seu terreno e edifício valerem milhões de dólares, o governo vai indeniza-la no valor de apenas U$161 mil.
 
Um fato semelhante ocorreu recentemente em Wenzhou quando uma igreja de 5 milhões de dólares foi demolida apenas algumas semanas após a construção de seu edifício ter sido finalizada.
 
Além das demolições de grandes templos, o governo chinês já removeu mais de 450 cruzes dos tetos de diversas igrejas nos últimos 18 meses em uma repressão brutal ao cristianismo.

Alguns cristãos têm lutado contra a campanha de remoção de cruzes, substituindo estes símbolos, depois que as autoridades os removem.

veja também