Associação Evangélica lamenta a morte de centenas de crianças em ataque à escola no Paquistão

"Sofremos com nossos queridos amigos, mães e pais, irmãos e irmãs", disse o presidente da organização

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 19 Dezembro de 2014 as 10:01

Talibã_ataqueApesar de estar entre as pessoas mais perseguidas no mundo de hoje, a população cristã do Paquistão está em luto com o resto do país na sequência de um ataque mortal do Talibã à escola em Peshawar, no Paquistão.

O ataque aconteceu terça-feira, 16 de dezembro. Militantes do Talibã invadiram a escola fortemente armados e atiraram contra os alunos nas salas de aula.

O Talibã é um grupo que tenta impor ao Paqiostão um regime submetido a uma interpretação distorcida do islamismo.

Pelo menos 145 pessoas foram mortas no ataque, a maioria crianças que estavam em horário de aula. Alguns dos atiradores também foram mortos.

"Sofremos com nossos queridos amigos, mães e pais, irmãos e irmãs", disse Sardar Mushtaq Gill, diretor nacional do grupo de defesa Legal Evangelical Association Development (LEAD). "É absolutamente horrível o que aconteceu", disse ele à BosNewsLife.

Testemunhas contaram que os militantes invadiram a escola gritando 'Ala é grande'. Alunos que sobreviveram lembram com horror a forma com que eles atacaram os alunos.


com informações da Portas Abertas

 

veja também