Ataque violento no Quênia mata pastor e provoca a fuga de famílias

A região sofreu outras ofensivas de militantes islâmicos recentemente

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Quarta-feira, 14 Janeiro de 2015 as 3:20

região no Quenia
região no Quenia

Fontes locais afirmam que homens armados abriram fogo contra o complexo cristão Revival Ministries, no domingo, 11 de janeiro, provocando a fuga imediata de muitas famílias, em Majengo, no Quenia.

O ataque violento matou o pastor assistente George Karidhimba Muriki.

Embora o ataque não tenha sido assumido por nenhum grupo, recentemente outras igrejas em Majengo sofreram ofensivas de militantes islâmicos.

veja também