Autora de livro infantil reverte dinheiro das vendas para ensinar técnicas de jardinagem a crianças carentes

O livro "As meninas Beatriz e Sophia e o passeio no jardim" está entrelaçado a um projeto idealizado pela autora Ana Paula Bernardino, o programa Pequeno Jardineiro, que acontece no Parque Amantikir, em Campos do Jordão, interior de São Paulo.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Terça-feira, 25 Agosto de 2015 as 5:39

 


À esquerda, a ilustradora Anna Palma Bodra ao lado da autora Ana Paula Bernardino (à direita) junto com crianças durante oficina. (Foto: Divulgação)

 

Foi contando histórias para suas filhas que a autora Ana Paula Bernardino se inspirou a criar um livro com narrativas infantis, mas em troca de uma motivação ainda mais nobre: a causa social. O livro "As meninas Beatriz e Sophia e o passeio no jardim" está entrelaçado a um projeto idealizado pela autora, o programa Pequeno Jardineiro, que acontece no Parque Amantikir, em Campos do Jordão, interior de São Paulo.
 
A publicação de um livro voltado às crianças era um sonho antigo de Ana Paula, mas a parceria com a ilustradora Anna Palma Bodra, a editora Companhia Ilimitada e o Parque Amantikir entraram no meio do percurso e completaram o propósito da obra. "Eu escrevi a história e resolvi que iria publicá-la. Fui me envolvendo com esse processo de criação, e tudo foi dando certo", disse a autora em entrevista ao Guiame.
 
O livro, que custa 25 reais, tem verba integral destinada ao projeto Pequeno Jardineiro, que ensina técnicas de jardinagem a crianças do município de Campos de Jordão em vulnerabilidade social. "Eu queria algo mais e sempre fui muito imbuída na vontade de servir à sociedade, pois considero que aqueles que têm mais oportunidades na vida tem como uma obrigação, também proporcional, de ajudar ao próximo", enfatiza Ana Paula, que enxerga o projeto do livro como uma realização pessoal.
 
 

Página ilustrada do livro"As meninas Beatriz e Sophia e o passeio no jardim". (Foto: Divulgação)

 
As crianças, público alvo do livro, são vistas por Ana Paula como uma geração a ser investida. "Acredito que podemos melhorar nossa sociedade se ensinarmos às crianças, que são as futuras gerações, que devemos respeitar valores básicos e praticar maior cooperação para conviver em sociedade. São palavras mágicas que dependem do comportamento de cada um de nós, e a soma desses esforços gera um efeito multiplicador sem equivalente", disse ela.
 
Além disso, a autora percebeu a sensibilidade que, diferente de muitos adultos, os pequenos têm em relação à natureza. "As crianças são os seres mais puros que existem. Elas têm uma visão do mundo, uma percepção e relação com a natureza que, para os adultos, muitas vezes, se torna incompreensível", complementou.
 
A pretensão de Ana Paula é inspirar pessoas a apostarem em projetos que irão levar transformação na vida de outras. "Qualquer atividade feita com amor, determinação e perseverança pode ter um lugar na sociedade, pois de fato as pessoas se identificam com o projeto e as parcerias vão sendo construídas", disse ela, afirmando que exemplos estimuladores tornam a sociedade melhor.
 
 

Capa do livro"As meninas Beatriz e Sophia e o passeio no jardim". (Foto: Divulgação)

veja também