Autoridades do Camboja informam que a entrada de cristãos no país não será mais permitida

Os montanheses que já estão refugiados no país também não receberão autorização de permanência

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Terça-feira, 13 Outubro de 2015 as 10:21

Cristão anônimo
Cristão anônimo

Segundo informações da rádio Free Asia, no mês passado as autoridades do Camboja declararam que planejam repatriar os 'imigrantes ilegais' que fugiram do Vietnãa por conta da crise econômica.

As autoridades não querem a entrada de cristãos no país e um analista de perseguição exlica: "Camboja não quer decepcionar o Vietnã, seu vizinho e grande companheiro comunista, mas as autoridades do Camboja já anunciaram que não será mais permitida a entrada de cristãos no país. Quer dizer que todo cristão será reenviado ao Vietnã".

Treze montanheses já receberam asilo, mas de acordo com a UCA News, nem mesmo eles serão autorizados a permanecer no Camboja, e o conselho é que busquem refúgio em outro país.

"Isso mostra como tem sido difícil a vida dos cristãos montanheses que são obrigados a se deslocarem e nunca são bem-vindos em lugar nenhum", frisa o analista.

veja também