Barco da Jocum Internacional naufraga em ilha do Hawaii

Quatro tripulantes já foram resgatados e não sofreram lesões graves. Um integrante da tripulação ainda está desaparecido e as buscas continuam.

fonte: As

Atualizado: Segunda-feira, 5 Janeiro de 2015 as 9:28

Equipes de resgate e da Guarda Costeira dos EUA continuaram no último domingo as buscas pelo tripulante ainda desaparecido de uma embarcação da Jocum Internacional (YWAM), que naufragou durante uma tempestade de inverno, na manhã do último sábado, próximo a Kua Bay (Hawaii). Segundo o site da Jocum, o homem desaparecido seria Aaron Bremner.

A embarcação, operada pela Missão "Navios JOCUM Kona", tinha deixado a praia de Kailua Bay e, aparentemente, naufragou a várias milhas da costa, enquanto buscava um lugar mais seguro para enfrentar a tempestade. O capitão do barco, que foi hospitalizado com ferimentos leves no Hospital Comunitário do Norte, no Hawaii, foi liberado ainda na tarde do último sábado. Três membros da equipe da escola de navegação também foram liberados sem ferimentos no mesmo dia.

Depois de receber alertas meteorológicos do Serviço Nacional de Meteorologia, na sexta à noite, o barco se dirigiu 6 milhas para o mar, buscando superar o mau tempo, de acordo com um comunicado de Phil Cunningham, diretor de comunicação da Missão.

O barco estava navegando sobre ondas fortes a cerca de 4 milhas da costa, quando duas ondas fizeram com que a embarcação virasse duas vezes.

Quatro dos cinco tripulantes abandonaram o barco em um bote salva-vidas, de acordo com a JOCUM. Dois operadores de jet ski resgataram a tripulação, quando esta já estava em chamas.

Ventos fortes atingiram um pico de 50 milhas por hora ao largo da costa de Kona, na sexta à noite com íngremes ondas de 7 pés, de acordo com dados do Serviço Nacional de Meteorologia.

O barco foi preparado para partir em uma missão humanitária, em Christmas Island na última terça-feira, 30/12 e estava carregado com suprimentos para a viagem.

Navios da JOCUM baseados em Kailua-Kona e Orange County realizam trabalhos de evangelismo no Pacífico Sul, trazendo serviços médicos e odontológicos, educação e iniciativas de conscientização sobre consumo da água limpa.

As famílias dos tripulantes foram notificadas. Esta foi a primeira tragédia marítima ocorrida com embarcações da Missão, segundo Cunningham.

Esperança
Em um comunicado no site oficial da missão "Navios JOCUM" (YWAM), os líderes do projeto pedem que todos continuem orando pelas equipes de buscas e também pela família de Aaron.

veja também