Boko Haram degola e mata 16 pescadores cristãos na Nigéria

O ataque às três aldeias aconteceu na última segunda-feira, 27 de julho, às 16h (12h de Brasília). Eles evitaram utilizar armas de fogo "para não chamar a atenção dos soldados de Baga, utilizaram facas", declarou à AFP o presidente do sindicato de pescadores do estado de Borno, Abubakar Gamandi.

fonte: Guiame, com informações de The Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 3 Agosto de 2015 as 5:18

Terroristas do Boko Haram degolaram com facas 16 pescadores cristãos.
Terroristas do Boko Haram degolaram com facas 16 pescadores cristãos.

 

Terroristas do Boko Haram degolaram com facas 16 pescadores cristãos que pertenciam a três povoados próximos a Baga, às margens do lago Chade, no nordeste da Nigéria, informou nesta segunda-feira (3) uma associação católica.

O ataque às três aldeias aconteceu na última segunda-feira, 27 de julho, às 16h (12h de Brasília). Eles evitaram utilizar armas de fogo "para não chamar a atenção dos soldados de Baga, utilizaram facas", declarou à AFP o presidente do sindicato de pescadores do estado de Borno, Abubakar Gamandi.

Ainda que, anteriormente, foram informadas dez mortes de pescadores, o bispo católico Rosário Pio Ramolo esclareceu que foram 16 vítimas. "As vítimas são todas chadianas. No Chade, os atentados se multiplicaram causando 70 mortos e mais de 200 feridos até agora, e os ataques aconteceram na capital N’Damena e nas áreas próximas à fronteira com a Nigéria”, disse ele. 

"O presidente chadiano, Idriss Deby, declarou guerra aberta contra os islâmicos", explicou Ramolo. "Esses atos representam uma tentativa de vingança."

veja também