Bom comportamento de igrejas gera abertura pro governo do Vietnã discutir decreto sobre religião

"Pelo que ouvi, haverá menos exigência no reconhecimento de igrejas", relata uma líder vietnamita

fonte: Guiame, com informações de Portas Abertas

Atualizado: Segunda-feira, 30 Março de 2015 as 2:16

Religião _ imagem ilustrativa
Religião _ imagem ilustrativa

"O governo parece estar um pouco mais aberto para a discussão sobre a religião, mas não em relação às questões de direitos humanos", diz Wang*, uma vietnamita líder de uma igreja do norte do Estado.

O governo do Vietnã parece estar mais aberto a reformular o Decreto 92, que trata da restrição da religião no país. A cristã conta que ela e o pastor Jonathan* se encontraram com funcionários do governo e ficaram com a impressão de que melhorias podem acontecer.

Para Wang, as autoridades estão tendo uma nova abordagem agora e, por isso, creem no processo de elaboração de uma nova lei sobre religião. Segundo ela, o governo está passando a entender que trabalhar com os grupos religiosos será mais benéfico do que se opor a eles.

"Pelo que ouvi, haverá menos exigência no reconhecimento de igrejas. Por exemplo, grupos que têm um bom histórico de 10 anos terão uma forte chance de ser reconhecidos", alega Wang. O Decreto 92, ainda em vigor, só reconhece igrejas que existem há, no mínimo, 20 anos.

O pastor Jonathan também comenta a nova forma de pensar das autoridades. "O governo tem observado como outros governos se relacionam com a religião organizada dentro e fora do país. Eles, de alguma forma, perceberam que há vantagem em praticar clemência."

Mas, ainda assim, ele identifica um 'medo' do Estado ao lidar com a Igreja e sabe que, por isso, a ameaça contra a Igreja não desapareceu totalmente.

"Eu acredito que ainda existe hostilidade contra os cristãos, mas reduzida, talvez. No ano passado, o governo viu o comportamento da igreja evangélica, e por causa da nossa boa posição, agora eles têm aceitado a reforma", completa o pastor.


*nomes alterados por motivos de segurança
.

 

veja também