Cristã sudanesa condenada ao enforcamento precisa da sua oração

Pena de morte de Meriam Ishag é por apostasia

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 16 Maio de 2014 as 4:21

sudanesaMeriam Yehya Ibrahim Ishag foi condenada a receber cem chibatadas e à pena de morte por enforcamento.

A pena de morte é por apostasia. Meriam é acusada de ter abandonado o islamismo por se converter ao cristianismo, o que é considerado crime no país.

"Demos a você três dias para se retratar mas você insiste em não voltar para o Islã. Sentencio você a ser enforcada até a morte", disse o juiz, segundo a agência de notícias AFP.

As chibatadas são por acusação de adultério, já que o casamento dela não é aceito pelo país por ser com um homem de outra religião. O esposo dela é um cristão do Sudão do Sul.

Cristãos do Sudão pedem oração em favor da Meriam. A Portas Abertas publica uma lista de pedidos por ela:

- Ore por Meriam, seu marido, seu filho e bebê que está para nascer, para que recebam a paz, a presença e a proteção de Jesus.

- Peça a Deus para que todas as acusações sejam retiradas, a sentença de morte seja anulada, Meriam seja libertada e a família possa se reunir novamente.

- Interceda para que cristãos em todo o Sudão experimentem a paz e a presença de Jesus, e tenham a orientação diária do Espírito Santo para que possam viver sem medo.

- Clame para que todos os funcionários envolvidos tenham misericórdia, ajam com justiça, aprendam sobre Jesus e escolham seguí-lo.


com informações da BBC e Portas Abertas

 

veja também