Cristãos canadenses são presos na China; segundo a família, acusações são falsas

O casal vive na China desde 1984, quando Kevin Garratt sentiu o chamado para ir para ao país e ministro por meio do "amor e apoio prático".

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 7 Agosto de 2014 as 10:41

Cristãos canadenses são presos na China; segundo a família, acusações são falsasUm pastor canadense e sua esposa foram detidos recentemente na China, sob acusações de roubo de informações secretas da inteligência do exército chinês.

Kevin e Julia Dawn Garratt estão sendo acusados de "coletar e roubar materiais de inteligência relacionados a alvos militares chineses e importantes programas de investigação científica de defesa nacional, além de se engajar em atividades que põem em risco a segurança nacional da China".
 
O casal vive na China desde 1984, quando Kevin Garratt sentiu o chamado para ir para ao país e ministro por meio do "amor e apoio prático".

Durante uma de suas pregações em uma igreja britânica (em Columbia), o pastor falou sobre este chamado de Deus em sua vida. 

"Deus disse: 'Vá para Dandong e eu vou encontra-lo lá. Comece uma casa de café' ... Nós estamos com nossa base na China, focados na Coreia do Norte, porém centrados em Jesus," explicou o pastor.
 
Kevin e Julia Garratt foram presos na cidade fronteiriça de Dandong; seus três filhos adultos não foram informados sobre qual seria o destino do casal.
 
Simeon Garratt, filho mais velho de Kevin e Julia disse que as acusações são falsas. Sua fé cristã e a proximidade com a comunidade missionária provavelmente estejam entre as causas da prisão.
 
"Nunca foi um segredo que eles eram cristãos. Não há nada que acontecido na última semana que teria mudado esta situação", disse ele.

Com informações de Christian Head Lines

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também