Cristãos enfrentam nova onda de perseguição em Uganda

Cristãos enfrentam nova onda de perseguição em Uganda

Atualizado: Segunda-feira, 10 Março de 2014 as 2:18

Missoes - igreja perseguidaUmar Mulinde, bispo da Igreja Internacional Vida no Evangelho, foi alvo de um ataque extremista. Depois de se converter ao cristianismo ele foi atacado com ácido e ficou com a visão danificada.
 
"O problema no olho direito está de alguma forma afetando o esquerdo, o ácido era muito forte, e a cada dia sofro mais com as dores" disse Mulinde. "Os médicos estão pensando em tirar o olho direito para tentar salvar o esquerdo".
 
Além da conversão ao cristianismo, os muçulmanos extremistas não aceitam a oposição declarada às cortes da Sharia, a lei islâmica.
 
Zachariah Sewadda, pastor e amigo de Mulinde, sofreu emboscada após um eventos evangelístico na cidade de Mbale.
 
"Eu só ouvi várias vozes e me abaixei quando o para-brisa do meu carro foi quebrado. Pode ser que o ataque contra mim tenha sido feito pelo mesmo grupo que atacou Mulinde. Ao que tudo indica foi o mesmo grupo que após o ataque a Mulinde enviou cartas à Igreja Internacional Vida no Evangelho ameaçando atacar outros pregadores como ele", diz Serwadda.
 
Pedidos de oração
 
Agradeça ao Senhor por ter preservado a vida dos seus servos nesses ataques.
Ore pela vida de Mulinde, Serwadda e de muitos outros pastores e líderes que correm o risco de morrer por pregarem o Evangelho.
 
 
com informações da Portas Abertas
 

veja também