Cristãos na Argélia temem ser novo alvo de ataques de radicais islâmicos

"Se levarmos em conta o destino reservado para os cristãos iraquianos, há razão genuína para nos preocuparmos com a Igreja na Argélia. É por isso que temos de estar alertas", disse um cristão argelino

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 9 Outubro de 2014 as 10:14

ArgéliaOs cristãos argelinos pedem para que a Igreja ao redor do mundo se mobilize "em oração contra essa escuridão que se aproxima".

Em todo o Oriente Médio e norte da África cristãos temem ser o próximo alvo dos grupos militantes islâmicos que espalham terror por onde passam.

No mês de setembro, o turista francês Hervé Gourdel foi decapitado por militantes islâmicos na Argélia ligados ao Estado Islâmico no Iraque.

Após o ocorrido, membros da comunidade cristã em Bejaia estão preocupados com ameaças feitas pelos radicais. "Se levarmos em conta o destino reservado para os cristãos iraquianos, há razão genuína para nos preocuparmos com a Igreja na Argélia. É por isso que temos de estar alertas", disse Omar, 31 anos, membro de uma igreja protestante em Bejaia.

O desejo de estabelecer um regime teocrático islâmico, de acordo com Selma, outra cristã, faz da Igreja um alvo potencial dos terroristas.


com informações da Portas Abertas

 

veja também