Cristãos oferecem atendimento médico a mais de mil pessoas em ação social, no RJ

A ação tem o objetivo de abençoar os moradores das comunidades onde a igreja está inserida. O evento, que acontece em oito países sul-americanos, oferece serviços de saúde e prevenção.

fonte: Guiame, com informações do site Notícias Adventistas

Atualizado: Terça-feira, 16 Agosto de 2016 as 1:38

Um dos atendidos foi o advogado Nelson Schleder que recebeu atendimento na Praça Paulo de Frontin. (Foto: Anne Seixas).
Um dos atendidos foi o advogado Nelson Schleder que recebeu atendimento na Praça Paulo de Frontin. (Foto: Anne Seixas).

A Feira de Saúde, uma ação promovida por um grupo de cristãos, beneficiou a vida de 1262 pessoas no Rio de Janeiro. A ação, que aconteceu na última segunda-feira (15), ofereceu serviços como massagem e explanações sobre o uso de remédios naturais por meio dos voluntários do projeto “Circuito de Campeões”.

A Feira é uma iniciativa da Igreja Adventista, sendo realizada em oito países sul-americanos com o propósito de abençoar os moradores das comunidades por meio da prevenção de doenças. O evento mobiliza a população a utilizar os oito remédios naturais – água, luz solar, ar puro, alimentação saudável, descanso, temperança e confiança em Deus.

Um dos atendidos foi o advogado Nelson Schleder, que ganhou um assento na Praça Paulo de Frontin, um dos 13 pontos da ação. Ele se debruçou sobre uma mesa e assim continuou durante o período em que recebeu os cuidados de uma estudante de Massoterapia.

Para ele, o uso desses recursos deveria ser algo comum na vida das pessoas. “Isso tem que se fazer tendo ou não problema. Evidentemente, se o sintoma persistir, tem que procurar o especialista. A grande finalidade do ser humano é estar em equilibro. Você tem que administrar a parte física, mental e espiritual”, disse.

Com a missão de levar conscientização para as pessoas, Josineide Ferreira, que é técnica de enfermagem, se sentiu motivada para atravessar parte do país. Quem lhe contou sobre o projeto foi sua sobrinha. Ela interrompeu suas atividades em Macapá, no Amapá, para dedicar uma semana ao voluntariado.

A receita para uma vida saudável, que já tem funcionado com ela ao longo de 30 anos, desde que passou a utilizar os remédios da natureza, está na prevenção. “Você vai se alimentar, fazer exercícios, de maneira tal que você evite alguns tipos de doença, como a pressão arterial elevada, o diabetes, um infarto”, ressaltou Joseneide.

Ajuda Mútua

Elmir Santos, diretor do departamento de saúde da Igreja Adventista para os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, pontua que essa é uma iniciativa de mão dupla. Além de os voluntários aprenderem sobre os oito remédios naturais, é uma oportunidade para que eles reproduzam isso em suas cidades e atendam os moradores que lá residem.

Em segundo lugar,Santos reforça que esse é um processo educativo e multiplicador, já que se está quebrando um preconceito em relação às instituições religiosas, que geralmente apenas recebem e não oferecem nada à comunidade.

Marlon Chaves, clínico intensivista que dedicou parte do seu dia como voluntário, afirma que o cenário da medicina está mudando. “A medicina, até agora, foi voltada apenas para tratar doenças. Mas isso está mudando. Toda a nossa sociedade está começando a estudar e ver que é melhor prevenir do que remediar. Com essas feiras a gente muda nosso estilo de vida e estimula as pessoas a repensarem um pouco a vida, o cotidiano, alimentação, atividades físicas”, pontuou.

veja também