Cristãos que permanecem no Iraque sofrem maior pressão com perseguição

Grupos armados pretendem estabelecer futuramente uma cobrança fiscal islâmica aos cristãos

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 21 Julho de 2014 as 4:14

IraqueNo Iraque, a perseguição religiosa não é novidade, mas nas últimas semanas ela tem se agravado.

Recentemente, muitos fugiram de suas casas e os que decidiram ficar continuam sob forte pressão de perseguição.

Na capital Mossul, grupos armados começaram a contar o número de cristãos residentes para criar um banco de dados, a fim de impor uma cobrança fiscal islâmica sobre eles no futuro.

As famílias cristãs foram informadas que só estarão sob a proteção do Estado Islâmico se pagarem este e os demais impostos.

Outra notícia dada aos cristãos é que se eles abandonarem suas casas para fugir, os rebeldes poderão tomá-las e não devolver mais.

Pedidos de oração

Ore pelos cristãos que têm suportado tal situação.
Interceda também pelo grupo étnico Shabak, cujo gado foi roubado para ser abatido e distribuído entre os habitantes de Mossul.


com informações da Portas Abertas

 

veja também