Deus responde a oração de um ex-muçulmano

Muçulmanos em todo o mundo estão buscando o conhecimento da verdade durante o ramadã. Ore para que eles tenham um encontro sobrenatural com um cristão que possa, corajosamente, compartilhar a mensagem do evangelho com eles

fonte: Portas Abertas

Atualizado: Quinta-feira, 24 Julho de 2014 as 11:44

Ramadã_8"Por volta da meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus; os outros presos os ouviam. De repente, houve um terremoto tão violento que os alicerces da prisão foram abalados. Imediatamente todas as portas se abriram, e as correntes de todos se soltaram." Atos 16.25-26

El Gasim esfregou os olhos e olhou de novo. Seria aquilo uma cruz em sua cela? Movendo-se para uma nova posição para orar, ele olhou de volta para o lugar onde a cruz tinha aparecido. Ela ainda estava lá. Durante os sete dias seguintes, El Gasim, um muçulmano africano, fez suas orações cinco vezes ao dia e, todas as vezes, independentemente de onde se ajoelhava, ele ainda via a cruz. El Gasim sabia que estava sendo chamado para entregar sua vida a Cristo.

Quando El Gasim declarou sua fé em Cristo, recebeu 25 chicotadas. Ao confessar Cristo como seu Salvador, ele enfureceu as autoridades, que bateram nele, o algemaram com correntes que pesavam mais de cinquenta quilos, e o condenaram à forca.

Um detento, que era também pastor, explicou que viver para Cristo não seria sem sofrimento. Ele então contou a El Gasim a história de Paulo e Silas na prisão. Eles foram espancados e acorrentados por causa de Cristo, mas, mesmo assim, continuaram a orar e louvar ao Senhor, até que suas correntes caíram e as portas da prisão se abriram. O pastor explicou que o poder de Deus ainda estava operando milagres. Ele e El Gasim começaram a orar em conjunto, buscando sinceramente a vontade de Deus.

Quando o pastor se retirou para sua cela, El Gasim continuou a orar. Encorajado pela história, El Gasim permaneceu clamando até que a corrente que estava em sua perna se rompeu. Ao ouvir a corrente caindo no chão, os demais detentos olharam com espanto quando El Gasim deu um segundo passo e a corrente de sua outra perna também caiu. Não mais acorrentado, El Gasim caminhou livremente até o guarda e lhe disse: "Suas correntes estão em minha cela, vá até lá e as recolha".

Tremendo e confuso, o guarda relatou o caso a seus superiores. Por causa das muitas testemunhas, o incidente não podia ser ignorado. Os funcionários da prisão tiveram de deixar El Gasim sair livremente, sabendo que se ele ficasse, certamente converteria os outros prisioneiros e, mesmo se fosse transferido para outra prisão, os milagres de Deus não seriam interrompidos.

Pedido de oração

Muçulmanos em todo o mundo estão buscando o conhecimento da verdade durante o ramadã. Ore para que eles tenham um encontro sobrenatural com um cristão que possa, corajosamente, compartilhar a mensagem do evangelho com eles.

 

veja também