Durante o Natal, pastor e mais de 20 cristãos foram detidos no Irã

Celulares, bíblias e documentos dos cristãos que participavam das celebrações de natal foram confiscados

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Terça-feira, 6 Janeiro de 2015 as 3:33

Irã
Irã

Em pleno Natal, no dia 25 de dezembro, oficiais invadiram uma casa em Roudehen, a oeste de Teerã, e levaram nove cristãos para um local desconhecido para serem interrogados.

No dia seguinte (26), a casa do pastor Victor Bet-Tamarz também foi invadida. Ele é um cristão assírio que costumava servir na Igreja Pentecostal Shahr-Ara, em Teerã.

Celulares, bíblias e documentos dos cristãos que participavam das celebrações de natal foram confiscados e todos os presentes foram detidos, mas liberados mais tarde, a não ser o pastor Victor, que foi levado para a prisão de Evin.

Outro cristão presente na celebração, conhecido como Amin (foto), foi levado até sua casa apenas para que os oficiais pudessem revistá-la. Ele também continua preso.

 

veja também