Em meio a motins, pastor é morto em Mombasa, no Quênia

Em meio a motins, pastor é morto em Mombasa, no Quênia

Atualizado: Quarta-feira, 19 Fevereiro de 2014 as 8

pastor morto no QuêniaPastor auxiliar de uma igreja em Mombasa, no Quênia, Lawrence Kazungu Kadenge, de 59 anos, foi morto no dia 2 de fevereiro, enquanto fazia a vigia do templo durante a noite.
 
Ele morreu por volta das duas horas da manhã e testemunhas relatam que viram dois homens fugindo próximo do local. 
 
Andrew Msumbi Kioko, pastor titular, disse ao World Watch Monitor que nenhuma prisão foi feita, mas que a polícia está investigando. “É muito difícil para mim, porque trabalhávamos juntos. Sua família foi atingida duramente. Todos nós, família e congregados, precisamos de orações para superar esta perda – precisamos do conforto de Deus. Por favor, orem por nós”.
 
O pastor Kadenge deixou a esposa Lydia e treze filhos. O enterro foi no dia 8 de fevereiro.
 
Embora não haja confirmação, há a suspeita de que o assassinato esteja relacionado aos recentes motins em Mombasa. A situação da cidade do Quênia é tensa após os motins.
 
 
com informações da Portas Abertas
 

veja também