Em meio a perseguição, número de cristãos aumenta no Uzbequistão

Diante das opressões sobre os cristãos deste país, a Missão Eurasia desenvolveu um programa para treinar líderes da igreja subterrânea a compartilhar o Evangelho de forma criativa. No verão passado, cerca de 300 foram capacitados.

fonte: Guiame, com informações de Mission Network News

Atualizado: Sexta-feira, 3 Julho de 2015 as 8

O número evangélicos no Uzbequistão está crescendo, de acordo com a Missão Eurasia.
O número evangélicos no Uzbequistão está crescendo, de acordo com a Missão Eurasia.

 

Não é fácil ser um seguidor de Cristo no Uzbequistão. O país é classificado como 15º que mais persegue cristãos em todo o mundo, de acordo com a classificação feita pela Portas Abertas. Ainda assim, o número evangélicos no Uzbequistão está crescendo, de acordo com a Missão Eurasia.
 
A violência por militantes islâmicos está em ascensão, e os direitos humanos estão em declínio. Uzbequistão utiliza crianças para trabalhos forçados na colheita de algodão, e continua sendo um centro de tráfico de seres humanos na Rússia, Cazaquistão, Oriente Médio e Ásia.
 
Diante das opressões sobre os cristãos deste país, a Missão Eurasia desenvolveu um programa para treinar líderes da igreja subterrânea a compartilhar o Evangelho de forma criativa. No verão passado, cerca de 300 líderes foram capacitados a alcançar Uzbequistão para Cristo.
 
Uma das ações são os acampamentos de verão, que permitem que as crianças carentes e órfãs desfrutem de uma semana de atividades divertidas. O mais importante é que elas aprendem sobre o amor de Deus.
 
Durante o Natal, parceiros da Missão Eurasia, junto com os cristãos e a igreja local, distribuem caixas de presentes para crianças e jovens carentes. Cada caixa de presente contém um brinquedo, doces, e uma Bíblia infantil, ou outro tipo de literatura cristã para crianças na língua russa.

veja também