Enquanto milhares de pessoas fogem, pastores ficam e ajudam necessitados na Nigéria

Além de apoio espiritual, a igreja também oferece apoio prático aos afetados pela violência

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 23 Outubro de 2014 as 10:18

NigériaMilhares de pessoas não suportaram a pressão e fugiram dos estados que têm sofrido nas mãos de extremistas islâmicos na Nigéria.

Por outro lado, enquanto essas pessoas fogem, alguns pastores decidiram permanecer no país e servir ajudando as comunidades mais atingidas.

Peter Wakawa, do estado de Yobe, é um desses pastores, “Estamos vivendo pelo evangelho e temos de nos apegar a ele. A lâmpada em nossas mãos nunca deve se apagar.”

Além de apoio espiritual, a igreja também oferece apoio prático aos afetados pela violência. Em Gulak, quatorze famílias cristãs estão cuidando de 300 crianças que ficaram órfãs ou foram separadas de seus pais.

Em Maiduguri, outro pastor prestou ajuda a 56 pessoas que o procuraram. Por três dias ele alimentou essas pessoas, até que não lhe sobrou nada nem para sustentar a própria família.

A Portas Abertas tem feito parcerias com as igrejas locais para fornecer alimento e ajuda emergencial em situações como essas.


com informações da Portas Abertas

 

veja também