Estado Islâmico insiste em perseguir cristãos em Qaraqosh, no Iraque

Casal de idosos foi forçado a deixar a região e até agora não há mais informações sobre eles

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 15 Setembro de 2014 as 1:15

IraqueO Iraque permanece listado entre os cinco países onde cristãos são mais pressionados e perseguidos por causa de sua fé.

De acordo com a Agência Internacional de Notícias Assíria (AINA), o cristão Najib, de 75 anos de idade, e sua esposa Dalal, 72, não conseguiram deixar a cidade de Qaraqosh, no Iraque, após a invasão do Estado Islâmico (EI), por estarem muito idosos e doentes.

Mas, no final de agosto, o casal foi forçado a sair de lá por pistoleiros islâmicos. Desde então, não há mais informações dos dois idosos.

De acordo com a Middle East Christian News, militantes do EI prenderam dezenas de cristãos que ainda viviam no distrito Hamdaniya. Eles telefonaram para os seus familiares em 26 de agosto dizendo que foram presos onde realizavam os cultos da igreja. Até o momento da publicação, a comunicação ainda não havia sido restabelecida.


com informações da Portas Abertas

 

veja também