EUA quer guerra contra o Estado Islâmico na internet

A ideia é impedir o aliciamento de novos membros ao grupo por meio da internet

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 27 Outubro de 2014 as 3:42

internetO governo dos Estados Unidos, que a tem atacado o Estado Islâmico com bombas, agora quer travar uma batalha on-line com o grupo radical.

A ideia é impedir o aliciamento de novos membros por meio da internet. John Allen, general americano reformado, diz que o grupo está promovendo seu "tipo de guerra horrível na internet, onde recruta e perverte inocentes".

"Só quando competirmos com a presença do EI na rede, quando negarmos a legitimidade da mensagem que mandam aos jovens, só então venceremos realmente o EI", afirmou Allen.

O general está reunido com representantes de outras nações e coordena a campanha militar da coalização internacional contra os jihadistas.

Os vídeos postados pelo grupo extremista são de gravações das barbáries cometidas por eles ou propagandas para recrutar novos jihadistas.


com informações da France Presse/G1

 

veja também