Evangélicos no Ritmo da Copa do Mundo de 2014

Nem só futebol e venda de produtos são destaques na Copa do Mundo. Entre os evangélicos, o evento, além do apelo comercial, também é visto como uma oportunidade para evangelizar pessoas de todo o mundo

fonte: MR1

Atualizado: Segunda-feira, 23 Junho de 2014 as 2:59

Brasil

Os meses que antecedem um grande evento como a Copa do Mundo, sempre são marcados pelo lançamento de campanhas publicitárias que exploram o tema, presente na mente dos consumidores de marcas que investem no esporte. E pela produção de produtos que trazem à flor da pele todo o patriotismo e orgulho de cada país representado. Esses sentimentos desfilam através de óculos, chapéus, camisetas, bandeiras, entre outras infinidades de produtos preparados apenas para essa ocasião. Mas nem só o futebol e venda de produtos são destaques na Copa do Mundo. Entre os evangélicos, o evento, além do apelo comercial, também é visto como uma oportunidade para evangelizar pessoas de todo o mundo. Dessa forma, igrejas lançam programação para a Copa do Mundo, como foi o caso da Igreja Assembléia de Deus, citada recentemente numa matéria do G1que, às vésperas da Copa do Mundo de Futebol, lançou uma programação especial para o período do mundial da Fifa. Durante todo o mês de junho e metade de julho, os fiéis vão aproveitar os dias de jogos para ações de evangelização, entrega de folhetos com dizeres cristãos e cultos nas ruas.

O evento de abertura ocorreu no Templo Sede nessa terça-feira, durante o culto de assembleia geral e foi marcado pela participação de fiéis, trajando camisetas estampadas com a bandeira do Brasil, e ainda crianças caracterizadas com trajes típicos de cada uma das 32 seleções participantes do mundial. Diz Wilson Dantas Ribeiro, pastor presidente responsável pela igreja: “É a primeira vez que a Assembleia de Deus na cidade adota o tema da Copa do Mundo para suas programações. Nós não podemos deixar de homenagear o nosso país, já que a Copa vai ocorrer no Brasil depois de tantos anos. Os olhos do mundo estão voltados para nossa pátria, as pessoas estarão reunidas para assistir aos jogos, então não podemos perder a oportunidade de anunciar Jesus”, explica o pastor.

Situação semelhante acontece com as editoras evangélicas representadas pela Associação dos Editores Cristãos (ASEC). Reiner Lorenz, diretor executivo, afirma que a associação também entrou em ritmo de Copa e que diversos associados preparam materiais e ações para essa ocasião. Exemplos não faltam: a Editora Luz às Nações que tem o livro “Personal Trainer Espiritual” de Philip Murdoch, que ensina que a alma deve ser exercitada da mesma forma que o corpo; a Editora Fôlego, que lançou a campanha “Minha família, meu time” ou a Editora Evangélica que criou a ferramenta “Evangecube” com o slogan “Entre em campo e ganhe almas para Cristo”; a Editora e Ministério RBC, que tem o projeto “Jogada Perfeita” que tem o objetivo de conectar pessoas por meio do esporte e transmitir valores e princípios cristãos. Só em 2013, foram distribuídos cerca de 300.000 livros em parceria com Coalizão Brasileira de Esportes, MPC, Jocum, Igrejas Batistas, Metodistas, Presbiterianas, Assembléias, Quadrangulares entre outras igrejas e ministérios na copa das confederações e ainda a Sociedade Bíblica do Brasil com o Movimento Joga Limpo Brasil (MJLB), que ganhou uma nova linha de publicações, desenvolvida especialmente para que igrejas, atletas e organizações cristãs divulguem a mensagem bíblica e seus princípios durante a Copa do Mundo de 2014. A linha de publicações tem preço reduzido e é uma importante aliada em ações de evangelização. Lançado pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), em conjunto com a Coalizão Brasileira de Esportes (CBE), AMME Evangelizar, Atletas de Cristo e Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas) – que fazem parte do Comitê Gestor –, o movimento tem como objetivo promover e mobilizar a comunidade cristã para o entendimento entre as pessoas durante as grandes competições esportivas que estão ocorrendo no Brasil. Já em 2014, até junho mais de 1 milhão de livros ja haviam sido distribuídos. Parcerias com Mackenzie, Juventude Metodista do Brasil, Igreja Batista da Lagoinha, Compasion, Amme Brasil possibilitaram a distribuição de mais de 300.000 livros nos últimos 6 meses.

São de Erni Seibert, secretário de comunicação e ação social da SBB as palavras: “Disseminar a Bíblia e seus princípios durante os jogos da Copa do Mundo de 2014 é um grande desafio para cristãos de todo o Brasil. A expectativa da SBB é que, munidos deste material bíblico, nossos parceiros do Joga Limpo Brasil sejam bem-sucedidos nas ações em busca da paz e do entendimento entre as pessoas”.

No meio musical, cantores evangélicos também produziram clipes e música com o tema da Copa do Mundo. Algumas repercutiram nas redes sociais e foram destaque até na mídia internacional. Jornais como o “The Guardian”, “BBC News”, “Canada.com” e “The Daily Star” noticiaram as ações.

Na opinião do teólogo Marcelo Rebello, idealizador do III Salão Internacional Gospel, feira que acontece agora De 18 a 20 de setembro de 2014, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo a mobilização para evangelizar nos dias da Copa é válida, importante e necessária. Ele declara: "Se alguns fazem protestos, outros festas, outros apostas, nós levamos a palavra de Deus. Como brasileiros torcemos pela vitória do nosso país, isso não é pecado! Como filhos de um Pai perfeito corremos contra o tempo para que vários corações sejam goleados com o amor de Jesus Cristo e sabemos que o grande prêmio é a vida eterna. Esse prêmio é o maior de todos que podemos ganhar aqui na Terra”, conclui.


- Luciana Mazza
MR1

veja também