Expulsos de aldeia após conversão, cristãos recusam voltar a antigas práticas indígenas

Conflito entre indígenas continua sem solução no sul do México

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Sexta-feira, 6 Fevereiro de 2015 as 11:55

México
México

No estado de Chiapas, no sul do México, as tensões estão aumentando entre os indígenas que se convertem ao cristianismo e os indígenas que misturam o cristianismo trazido pelo conquistador europeu com costumes e práticas indígenas.

Em 2012, um grupo de indígenas foi expulso da aldeia por terem se convertido. Agora, 47 desses cristãos vêm negociando o retorno à aldeia, e os líderes da aldeia autorizaram, desde que eles retornem às práticas antigas religiosas e à tradição indígena.

O governo do Estado já havia assegurado a reintegração desses cristãos, garantindo proteção à liberdade religiosa, mas tudo voltou a estaca zero quando eles se negaram a voltar à religião antiga e afirmaram manter a fé em Jesus.

As negociações entre os líderes da aldeia e os funcionários do governo continuam, mas sem nenhuma expectativa de solução a curto prazo.

Leia também:

Relatório anual da ONG HRW frisa descumprimento dos direitos humanos nas América Latina

veja também