Extremistas invadem batismo, atacam cristãos e fazem falsa denúncia à polícia

Os agressores disseram que os cristãos convertem muçulmanos em troca de dinheiro

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 14 Novembro de 2014 as 2:44

BangladeshA Faith Bible Church realizou, no último domingo, 9 de novembro, uma cerimônia de batismo de 42 cristãos de origem muçulmana.

O evento foi em Lalmonirhat, norte de Bangladesh, e no meio da celebração cerca de 200 muçulmanos locais invadiram e atacaram os novos convertidos, além dos pastores Salim Aidar e John Arif.

Os agressores chamaram a polícia e pediram a prisão dos cristãos, acusando-os de oferecer dinheiro aos muçulmanos para que se convertessem.

"A polícia deteve os cristãos a noite toda", disse uma fonte local da Portas Abertas. "Todos os cristãos negaram veementemente as acusações”.

Os cristãos foram liberados pela polícia na manhã seguinte, mas os pastores Haidar e Arif permanecem sob custódia. Um pedido de fiança também lhes foi negado.

Segundo a mesma fonte, "o oficial responsável afirmou que não pode liberar os pastores por causa da pressão de líderes islâmicos". O caso foi encaminhado ao tribunal distrital e a primeira audiência está agendada para 17 de novembro.


com informações da Portas Abertas

 

 

 

veja também