Famílias cristãs deixam cidade do Iraque por medo da violência

"Se essa situação continuar assim, Mosul logo será esvaziada de cristãos", afirmou o porta-voz

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 13 Junho de 2014 as 10:54

Iraque - missõesNo dia 10 de junho, terça-feira, centenas de famílias crisãs fugiram da cidade de Mosul, Iraque.

A cidade, que é a segunda maior do país, foi invadida por homens armados do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, conhecidos como Daash. Por isso, as famílias foram para o norte do país, na região curda, relativamente segura, ou para o bairro cristão chamado Nínive.

Um colaborador da Portas Abertas no Iraque disse que cerca de 200 famílias encontraram abrigo no mosteiro de Mar Mattai e outras cerca de 50 famílias em um monastério em Alqosh.

Escolas nas aldeia, principalmente cristãs, abriram as portas para abrigar os cristãos. "Se essa situação continuar assim, Mosul logo será esvaziada de cristãos", afirmou o porta-voz.

Pedidos de oração

Ore para que os cristãos, agora refugiados, encontrem um lugar para ficar.
Peça ao Senhor pelos cristãos que ainda permanecem em Mosul.
Interceda pelo fim do derramamento de sangue e da instabilidade no Iraque.


com informações da Portas Abertas

 

veja também