França diz estar pronta para refugiar cristãos perseguidos no Iraque

Famílias pressionadas pelo Estado Islâmico encontram ajuda no governo francês

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Segunda-feira, 28 Julho de 2014 as 4:51

IraqueNesta segunda-feira, 28 de julho, a França disse estar pronta para acolher os cristãos de Mossul, norte do Iraque, que receberam ultimato dos rebeldes do Estado Islâmico.

O grupo, que é uma ramificação da Al-Qaeda está governando a região e obriga os cristãos a se converterem ao islamismo, pagar imposto religioso ou optar pela morte.

Eles dominaram muitas áreas e fez com que centenas de famílias cristãs fugissem de lá.

"Estamos oferecendo ajuda às pessoas deslocadas que fogem das ameaças do Estado Islâmico e que buscaram refúgio no Curdistão. Estamos prontos, se eles desejarem, para facilitar o seu asilo em nosso solo", disseram os ministros das Relações Exteriores e do Interior da França, em uma declaração conjunta.

Eles ainda afirmaram estar em contato com as autoridades locais e nacionais para garantir a proteção desses cristãos.

O primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, condenou no início deste mês o tratamento dado aos cristãos e instruiu um comitê do governo a ajudar os desabrigados. No entanto, ele não disse quando o Exército poderia tentar reconquistar o controle de Mosul.


com informações da Reuters/G1

 

veja também