Governo brasileiro considera 'inaceitável' a violência entre Israel e Palestina

O Embaixador do Brasil em Tel Aviv foi chamado a Brasília para consultas

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 24 Julho de 2014 as 1:46

Faixa de GazaNesta quarta-feira, 23 de julho, o governo brasileiro classificou o conflito na Faixa de Gaza de 'inaceitável'.

Em nota oficial, o governo chamou o embaixador em Israel para consulta, medida diplomática tomada quando o governo quer demonstrar descontentamento.

Em 17 dias de ataques, cerca de 700 palestinos e 30 israelenses morreram.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores considerou "desproporcional" o uso de força por Israel e voltou a pedir o fim dos ataques.

"O governo brasileiro considera inaceitável a escalada da violência entre Israel e Palestina. Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças. O governo brasileiro reitera seu chamado a um imediato cessar-fogo entre as partes", diz o comunicado.

Veja a íntegra da nota:
Ministério das Relações Exteriores
Assessoria de Imprensa do Gabinete

Nota nº 168
23 de julho de 2014

Conflito entre Israel e Palestina

O Governo brasileiro considera inaceitável a escalada da violência entre Israel e Palestina. Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual

resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças.

O Governo brasileiro reitera seu chamado a um imediato cessar-fogo entre as partes.

Diante da gravidade da situação, o Governo brasileiro votou favoravelmente a resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre o tema, adotada no dia de hoje.

Além disso, o Embaixador do Brasil em Tel Aviv foi chamado a Brasília para consultas.

 

 

veja também