Governo chinês faz acordo para construção de igreja, mas volta atrás e exige demolição

Com construção iniciada, igreja recebe aviso para fazer demolição voluntária

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Sexta-feira, 10 Abril de 2015 as 3:38

Mulher chinesa
Mulher chinesa

A Igreja Yongguang ainda estava em construção quando recebeu um aviso de demolição da Comissão de Desenvolvimento Econômico de County Huoqiu.

O aviso dizia que a demolição devia ser feita de forma voluntária pela igreja.

A construção do novo templo só começou depois de um acordo estebelecendo a desocupação do prédio que ocupava para que uma estrada fosse construída nas proximidades.

No acordo estava a autorização da escolha de um novo local para a igreja com a colaboração do governo, mas duas semanas após uma cerimônia de abertura da igreja, com celebração da construção e uso do primeiro andar, chegou a notificação de demolição.

veja também